* Por Ivanir França

A CONPASS, startup catarinense focada em user onboarding, participou do SaaSTr, maior evento de SaaS (Software as a Service) do mundo que reúne anualmente mais de 10 mil founders, no vale Silício, para compartilhar conhecimento e as melhores histórias sobre CAC (Custo de aquisição por Cliente), LTV (Lifetime value), Inteligência Artificial, Inbound, SEO e tudo que tange o universo SaaS.

Ivan Biava, CEO da CONPASS, que representou a empresa no evento, explica que a participação da CONPASS no SaaSTr é uma grande experiência e importante para validar o mindset da organização, e extrair novos insights.

“Estar mais próximo deste conhecimento, mesmo tendo ele globalizado hoje, é importante porque além de o captar direto da fonte, como tem mais de 10 mil founders no evento, você acaba fazendo muitas conexões”, comenta Biava.

No evento, um dos principais temas abordados foi a cultura das organizações. Empresas como Zendesk, Trello, Asana e Evernote apontaram que ter um alinhamento cultural e um foco com objetivo comum é um dos principais condutores das startups e um dos pontos de conversão para o sucesso ou fracasso das empresas.

 Danem-se as modinhas e faça o que dá certo!

Durante as palestras também foram abordados temas relacionados as “modinhas” que acompanham o mercado de startups. Segundo Biava, os conselhos são para não se deixar iludir por elas e fazer o que dá certo para a sua empresa.

Outro equívoco comum desmistificado no Saastr foi a bala de prata. De acordo com Biava, o mindset é: não existe bala de prata. Se falarmos de CAC, “o mindset é parar, ver onde estão os buracos no “balde”. Onde está vazando, e ir consertando passo a passo”, comenta. Ele exemplifica: “quer aumentar a conversão? Então veja em seu site onde não está conseguindo converter. Se está tendo abandono no cadastro, conserte o cadastro, não está ativando o produto, ajuste o user onboarding, ajuste o produto. Enfim, vai tapando estes buracos que você conseguirá aumentar a máquina de vendas. É melhor isso do que buscar um canal de distribuição mágico”.

Além disso, segundo Biava, o evento mostrou como os investimentos na área de tecnologia e SaaS estão evoluindo à área de AI (Inteligência Artificial) e Machine Learning, deixando o mobile first para trás. A onda agora é Machine Learning First, abordagem já adotada pelo Google.

Experiência do usuário é rei

Entregar e Facilitar o sucesso do cliente foi também um dos assuntos mais comentados no SaaStr. É neste ponto que a CONPASS se insere trazendo ao mercado o conceito de User Onboarding com um processo que aumenta a percepção de valor do usuário, em seu primeiro contato com o produto, o ajudando a ter sucesso no software.

De acordo com Biava, a participação no evento foi gratificante, pois além de todo o conhecimento adquirido é possível ter uma visão do que está acontecendo no mercado e perceber que os empreendedores brasileiros estão competindo “pau a pau” com os americanos. A diferença, segundo ele, está no ecossistema dos EUA, que permite que as empresas de lá cresçam mais aceleradas e com mais recursos. “Nós temos esse estigma que empreendedores do Vale são superiores aos empreendedores do Brasil, mas a verdade é que os top empreendedores do Brasil estão em igualdade com os americanos, a diferença é que o ecossistema e recursos aqui estão muito à frente de nós. Isso faz muita diferença.”, completa.

Com o aprendizado do Saastr, o próximo passo é pegar este conhecimento, avaliar com a equipe o que faz sentido para o mindset da CONPASS e aplicar, para que a empresa e as pessoas cresçam organicamente.

Confira um pouco mais da experiência do SaaSTr no vídeo abaixo.

 

*Ivanir França é Jornalista, Roteirista, Cineasta e atual Gerente de Conteúdo da Conpass. Pós graduado em cinema e mestrando em Literatura.