A plataforma digital de empréstimos BankFacil acaba de alçar um novo patamar na corrida pela redução dos juros no Brasil. Atendendo agora sob o nome Creditas, a startup anuncia captação de mais R$60 milhões em aporte de rodada Série B para acelerar o processo de massificação do crédito com garantia no País.

O pacote de iniciativas prevê a pulverização via novos canais de distribuição, além da redução da taxa de juros mínima do crédito com garantia de veículo de 2,15% para 1,99% ao mês.

“Com o novo aporte e essa combinação de esforços para disseminar o crédito com garantia, acreditamos que poderemos elevar a participação desse tipo de empréstimo no mercado brasileiro de crédito”, diz Sergio Furio, CEO da Creditas.

Série B

A rodada de investimentos teve como líder a International Finance Corporation (IFC), membro do Grupo Banco Mundial e maior instituição global de desenvolvimento voltada para o setor privado nos mercados emergentes.

Trata-se do primeiro investimento numa fintech no Brasil em que a IFC atua como líder. O aporte também conta com a entrada da Naspers Fintech no capital da Creditas, marcando o primeiro investimento do novo braço de fintech da Naspers na América Latina.

Kai Schmitz, líder de investimentos em fintechs da IFC para a América Latina, comenta que “a tecnologia da Creditas permite que os brasileiros se valham de seus ativos  para investir em seus negócios ou financiar grandes despesas com taxas de juros que proporcionem maior liberdade financeira. A empresa é um exemplo de tecnologia financeira que não beneficia apenas consumidores, mas também instituições financeiras tradicionais, que podem usar a Creditas para atingir novos clientes com produtos inovadores e atraentes.”

“Estamos muito impressionados com a equipe Creditas, especialmente sua ambição e empenho na missão de resolver o acesso ao crédito no Brasil e redesenhar a experiência do consumidor. Estamos entusiasmados com esse investimento. Ele faz parte de uma visão estratégica ampla de oferecer crédito responsável para mercados e segmentos pouco atendidos”, diz Raj Kamal, head global de estratégia e desenvolvimento corporativa da Naspers Fintech.

Além dos novos sócios, a rodada ainda teve a participação dos atuais investidores – RedPoint e.Ventures, Kaszek Ventures, Quona Capital e QED Investors que, juntos, já haviam aportado R$25 milhões na Creditas em rodada Série A, concluída em junho de 2016.

Os recursos darão suporte ao plano de expansão da fintech, com os investimentos direcionados principalmente para tecnologia e crescimento da plataforma, que prevê manter um ritmo de crescimento acelerado nos próximos anos que passa por triplicar o tamanho a cada ano, consolidando sua posição de liderança no mercado de crédito com garantia.

Paralelamente, a Creditas quer pulverizar o acesso a seus empréstimos por meio de canais de distribuição formados com parceiros estratégicos. A ideia é que esses parceiros de serviços possam disponibilizar as linhas de crédito com garantia da Creditas para seus clientes, permitindo assim que financiem os serviços contratados com prazos mais longos e parcelas menores.