A Uber anunciou recentemente um investimento de R$200 milhões na capital paulista e a abertura de uma central de atendimento que vai gerar 2 mil empregos diretos, com previsão de até 7 mil ao longo do ano. A central foi inaugurada nesta terça-feira, 19.

O anúncio ocorre duas semanas após a 99, principal rival da Uber, anunciar parceria com a chinesa Didi Chuxing, que liderou um aporte de US$100 milhões no aplicativo brasileiro.

A central de atendimento da Uber pretende melhorar o suporte técnico tanto aos passageiros quando aos motoristas e atenderá todo o País. Atualmente, esse serviço ocorria de forma descentralizada. O escritório central da empresa também deve abrir 100 vagas.

Na capital paulista, onde o serviço de transporte por aplicativos é regularizado, o setor foi responsável pela arrecadação de R$23 milhões até novembro do ano passado (dado mais recente), sem contar os impostos que já incidem às demais atividades econômicas. A promessa da gestão Doria é manter a legalização da atividade — o prefeito chegou a anunciar que venderia 1.300 carros da prefeitura e colocar os servidores para andar de Uber e táxis.

Fonte: Estadão Conteúdo