Entidades e empresas catarinenses ganharam destaque durante a 20ª edição do Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em parceria com o Sebrae.

As incubadoras MIDI Tecnológico e CELTA ganharam o reconhecimento de melhor incubadora de empresas orientada para o desenvolvimento local e setorial e melhor incubadora de empresas orientada para a geração e uso intenso de tecnologias, respectivamente. Além disso, a startup SensorWeb, sediada no MIDI, foi considerada a melhor empresa incubada e a empresa Nanovetores, que foi incubada no CELTA, melhor graduada.

O MIDI Tecnológico é gerido pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e mantido pelo Sebrae/SC. Nos seus 18 anos de atuação, já ajudou no desenvolvimento de 107 empresas de tecnologia na Grande Florianópolis, o que representa cerca de 13% dos empreendimentos do setor na região. Por meio das mentorias e capacitações que oferece, a incubadora se preocupa em desenvolver ideias de negócios inovadores e empreendedores.

O método utilizado ainda compreende aproximação com o mercado, investidores e empresários o que ajuda na validação do negócio, mandando para o mercado empresas com alto potencial de desenvolvimento: cerca de 85% dos negócios iniciados no MIDI ainda estão em funcionamento.

Para Gabriel Santos, coordenador do MIDI, o prêmio é resultado de um trabalho de fortalecimento do setor tecnológico da Grande Florianópolis. “Tentamos imprimir em cada empreendedor o senso de coletividade. Nosso trabalho diário de investimento em ideias inovadoras e fortalecimento de pessoas dispostas a empreender ajuda na construção de um ecossistema forte e unido”, destaca.

Destaques

A SensorWeb é incubada do MIDI Tecnológico e trabalha com o monitoramento online de temperatura de ambientes que abrigam artigos hospitalares desde 2009, sendo pioneira e referência dentro dessa área. Para Douglas Pesavento, CEO da startup, o MIDI  foi essencial para a consolidação da empresa por proporcionar uma ampla rede de contatos e troca de experiências. “ As consultorias também são muito importantes, pois podemos contar com  apoio especializado sem demandar investimentos altos”, complementa.

A incubadora CELTA, criada há 30 anos em Florianópolis e vinculada à Fundação CERTI e nasceu com o ideal de desenvolver o setor tecnológico da Capital e hoje é reconhecida como uma das principais entidades fomentadoras do setor.

A Nanovetores, graduada do CELTA, trabalha com sistemas de nano e microencapsulação de ativos. Hoje, além da sede  em Florianópolis, a empresa mantém operação  nos Estados Unidos e estuda expandir seus negócios para a Suíça.