Nesta terça-feira, no Google Campus São Paulo, foram anunciados os vencedores do Startup in School 2016, competição de tecnologia e empreendedorismo que desafiou estudantes a criar aplicativos para facilitar a vida das pessoas nas regiões onde vivem. Os vencedores são estudantes das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) Jorge Street, de São Caetano; Sebrae, de São Paulo; e Ruth Cardoso, de São Vicente.

O Startup in School foi realizado entre abril e outubro em 10 Etecs, em parceria do Google com o Centro Paula Souza, que administra a rede de escolas técnicas, e a Ideias de Futuro, consultoria em inovação e educação. O objetivo do programa é incentivar os estudantes no desenvolvimento de competências empreendedoras e na busca de soluções tecnológicas inovadoras para a sociedade. Ao longo do programa, foram criados mais de 90 projetos.

Na grande final do Startup in School, uma banca de especialistas nas áreas de tecnologia, empreendedorismo e educação escolheu, entre 11 finalistas, dois projetos vencedores e um terceiro foi escolhido pelo voto popular. As equipes vencedoras terão mentoria de três meses da consultoria Ideias de Futuro para o aprimoramento dos projetos e modelos de negócios.

Os vencedores foram:

Voto Popular: Do2Gether, Etec Ruth Cardoso (São Vicente). Focado na prática de atividades físicas e esportes em grupos. Aproxima pessoas que já praticam exercícios físicos e pessoas que não praticam por não ter companhia. Permite avaliação, sinalizando se o grupo é realmente comprometido com as atividades propostas.

03

Top Inovação: Walp, Etec Jorge Street (São Caetano). Focado na participação social e cidadã. Permite localizar e contatar ONGs por proximidade geográfica e temática de projetos, que estejam buscando voluntários e doadores. Busca aumentar o engajamento dos usuários nas ONG’s utilizando gamificação e geolocalização.

SOS Fácil, Etec Sebrae (São Paulo). Focado em assistência para idosos que vivem sozinhos, no caso de emergências. Facilita o acionamento de serviços de ambulância, com ligação direta ao Samu ou rede do usuário, a partir de um único toque. Conta também com o acionamento de contatos pré-cadastrados no celular.

startup in school

Durante a premiação, pela manhã, os vencedores também tiveram o retorno e dicas dos jurados: Juliano Seabra, da Endeavor; Regina Chamma, do Google Play; Roberto Iervolino, da Riot Games no Brasil; Laura Laganá, do Centro Paula Souza, e Sandro Manfredini, da Aquiris Games. À tarde, participaram da primeira sessão de mentoria, em palestra sobre experiência do usuário e desenvolvimento de produto. Também fizeram atividades na área de desenvolvimento e escalabilidade de aplicativos.