A eMerge Americas, mais importante conferência de tecnologia e competição de startups nas Américas, desembarcou no Brasil essa semana em busca das startups mais inovadoras, com potencial de internacionalização para América Latina.

Com apoio do Startupi e da Tech Sampa, o eMerge organizou pela primeira vez no Brasil uma competição de startups em São Paulo, no Google Campus, para selecionar uma startup para representar o País no eMerge Startup Showcase 2017 em Miami. A conferência vem despontando como um dos principais eventos de startups dos Estados Unidos, atraindo mais de 13 mil participantes, de 60 países, com a participação ativa de mais de 400 empresas, incluindo pesos-pesados como IBM, Cisco, SAP, Citibank, HP, Microsoft, Citrix e Facebook.

Xavier Gonzalez, Chief Executive Officer do eMerge Americas, conversou com o Startupi e contou que nos últimos três anos Miami tem crescido como um hub para os empreendedores. Um estudo recente da Kaufman Index Report, apontou Miami como a segunda cidade nos EUA com mais atividades de empresas startups.

“Temos desenvolvido o nosso ecossistema e São Paulo é um hub que queremos seguir e até mesmo usar como referência, pois conta com diversos eventos, as grandes companhias estão interagindo com o ecossistema e apesar do tamanho do mercado brasileiro, os empreendedores estão pensando global”. Recentemente Miami, que já contava com iniciativas como Venture Hive, Rokk3r Labs e Knight Foundation, recebeu também a Endeavor Miami, CIC Miami, além da aceleradora 500 Startups.

Xavier Gonzalez, Chief Executive Officer do eMerge Americas

Xavier Gonzalez, Chief Executive Officer do eMerge Americas

“Se você é uma startup brasileira e quer alcançar o mercado dos EUA, existem outras opções além do Vale do Silício, como New York, mas se você está olhando realmente uma estratégia global, incluindo outras partes da América Latina como México e Colômbia, e também Europa e Canadá, Miami é um ótimo lugar para você. Somos capazes de fazer essas conexões”, destaca ele.

Para a competição em São Paulo, nove startups foram selecionadas para apresentar um pitch em inglês para Xavier Gonzalez e Silva Clarke do eMerge Américas e uma banca avaliadora formada por Diego Barreto (mentor), Igor Piquet (Endeavor Brasil), Beatriz Nunes (Beats Brasil/Startupi), In Hsieh (Founder Institute Brazil), Fernanda Caloi (Campus São Paulo – A Google Space), Mirko Mayeroff (Buscapé Company), David Ruiz (Cartão Elo), Guilherme Ralisch (Sebrae), Thais Piffer (Tech Sampa) e Odir Spada (Visa).

Jurados durante a competição

Jurados durante a competição

Veja a lista das nove startups selecionadas

LOOX VR – Startup brasileiras precursoras na criação de equipamentos e conteúdo de realidade virtual.

Investeapp – Aplicativo desenvolvido para ajudar as pessoas a investirem de um jeito simples, prático e seguro, sem precisar ter algum conhecimento no mercado financeiro.

FazGame – Ferramenta de simples uso, onde professores e alunos são autores, podendo criar, publicar e jogar games educacionais – sem precisar de conhecimentos adicionais de programação ou design.

Cuboz – Escolha os assuntos que mais lhe interessam, torne-se membro de uma ou mais Redes de Estudos ou crie a sua própria Rede de Estudos e comece a trocar informações e compartilhar conhecimento.

Hippo Drs. – Plataforma que conecta pacientes com médicos. gende sua consulta médica a partir de R$70 com atendimento em até 48h. São mais de 30 especialidades e garantia de satisfação.

Legal Bot – Tem como objetivo democratizar o acesso à Inteligência Regulatória, com uso de inteligência artificial para proporcionar uma experiência única aos usuários.

Vittude – Conecta pacientes e psicólogos promovendo saúde e bem-estar.

DR. Cuco – Aplicativo de lembretes e cotação de medicamentos para você e sua família.

Nexoos– Plataforma de financiamento coletivo que permite que pequenas e médias empresas obtenham crédito à juros acessíveis e desbancarizando o processo. O dinheiro dos empréstimos vêm de investidores individuais cadastrados na plataforma, que obtêm em troca uma rentabilidade melhor que a normalmente oferecida pelos bancos.

Fazer pitch em inglês pode não ser fácil para alguns, mas todos os empreendedores, apesar do nervosismo, conseguiram fazer ótimas apresentações e responder de forma clara o questionamento dos jurados que tinham também, cinco minutos para comentar as apresentações. Xavier conta que gostou muito de todas as soluções apresentadas durante o evento e que se surpreendeu com as tecnologias. Ele contou ao Startupi que independente do estágio das startups, todas se mostraram muito preparadas para o mercado que estão atuando.

E pelo voto dos jurados, a startup vencedora que participará da conferência em Junho de 2017, em Miami, com entrada automática no eMerge Startup Showcase, que ganhará tickets para o evento e passagem aérea para Miami para dois fundadores, é a Dr. Cuco, fundada por Lívia Cunha e Gustavo Comitre.

Com um ano de mercado, a startup de Florianópolis já recebeu mais de 10 reconhecimentos e prêmios, como por exemplo, Melhor Plano de Negócios em Tecnologia SEBRAE SC e foi eleita uma das 10 startups mais atraentes para o mercado sob o ponto de vista de investidores e clientes no movimento 100 Open Startups. Lívia Cunha foi quem apresentou o pitch e em conversa com o Startupi, contou que ficou surpresa e muito feliz com o resultado. “É muito gratificante ter um reconhecimento do nosso trabalho”.
Lívia Cunha durante a apresentação do Pitch

Lívia Cunha durante a apresentação do Pitch

Para Xavier, todos fizeram uma boa apresentação, mas segundo ele, o diferencial para a ganhadora foi a apresentação bem articulada, mostrando de forma clara o que a empreendedora queria para a sua startup, além do produto ter grande potencial de internacionalização. Xavier diz que sua maior dica para os empreendedores que estão indo para o eMerge é levar bastante cartão de visita. “O maior benefício que você adquiri participando do evento são as conexões que você faz. Se você vier com a cabeça de atrair apenas investidores, você irá perder muitas oportunidades, você precisa ir para Miami com a ideia de conhecer investidores, parceiros e clientes”.

Clique aqui e saiba como fazer um pitch matador com o que o investidor quer ouvir e continue ligado no Startupi para ficar por dentro de mais novidades.