A Stripe acaba de levantar uma nova rodada de financiamento que eleva o valor da empresa para US$9 bilhões, consolidando-a como um importante player no cenário de fintechs de pagamentos digitais e anuncia, com isso, um possível IPO.

A CapitalG, o braço de investimento de última geração da Alphabet e a empresa de capital de risco General Catalyst Partners, lideraram a rodada de US$150 milhões, com a participação de investidores já existentes, incluindo a Sequoia Capital. Antes deste aporte, a startup era avaliada em US$5 bilhões e, até o momento, já arrecadou mais de US$450 milhões em investimentos.

“A avaliação da empresa é uma reflexão sobre seu tamanho, escala, rentabilidade potencial e um tamanho de mercado ilimitado”, disse o diretor geral da Catalyst, Hemant Taneja, comparando a Stripe com a Amazon Web Services, o negócio de computação em nuvem da Amazon.com que fatura mais de US$2 bilhões em receita trimestral. “Se AWS é a pilha para a computação, Stripe é a pilha para o comércio”.

A Stripe também obteve crédito rotativo de US$250 milhões da JPMorgan Chase & Co., Goldman Sachs Group,  Morgan Stanley e Barclays Plc, de acordo com pessoas familiarizadas com o financiamento, diz a Bloomberg.

“Adotar uma linha de crédito sugere que a empresa está possivelmente levantando capital em um IPO em um futuro não muito distante”, disse Jay Ritter, professor de finanças no Universidade da Flórida. “A Stripe é obviamente grande o suficiente para atrair investidores do mercado público e cobrir os custos fixos de ir público e ser uma empresa de capital aberto”.

Bilionários

De acordo com a Forbes, os irmãos Patrick Collison e John Collison, fundadores da Stripe, encabeçam a seleta lista de bilionários mais jovens do mundo. De acordo com o ranking, John, o presidente da empresa e mais novo dos irmãos- que têm um patrimônio líquido de pelo menos US$1,1 bilhão cada -, é aos 26 anos o bilionário que fez sua própria fortuna mais jovem do mundo.

John é apenas dois meses mais novo que o até então, topo da lista, Evan Spiegel (CEO do Snapchat), que também tem 26 anos. O CEO da Stripe, Patrick Collison, de 28 anos, e o cofundador do Snapchat, Bobby Murphy, da mesma idade, são os outros únicos bilionários que fizeram sua própria fortuna com menos de 30 anos, segundo a Forbes.

A mais jovem bilionária do mundo é a norueguesa Alexandra Andresen, de 20 anos, que herdou uma participação de 42% na empresa de investimentos da família, a Ferd, junto com sua irmã, também bilionária, Katharina Andresen, de 21 anos. As irmãs têm uma fortuna de US$ 1,2 bilhão.