Os chatbots estão mudando completamente a forma de comunicação das empresas com seus clientes. Os bots ( versão reduzida para robôs em inglês), atingem as operações desde grandes multinacionais a pequenas startups, em serviços que vão de terapia online à venda de flores.

Esta tecnologia baseada em inteligência artificial consiste em robôs virtuais que podem funcionar como um atendente de uma marca, realizando tarefas que vão desde responder uma pergunta básica quanto ao funcionamento de um produto até pedir pizza para o usuário sem a necessidade de um app (como é o caso da Domino’s em Curitiba).

E o setor mobiliário não podia ficar fora dessa. O Properati, portal imobiliário, acaba de anunciar o lançamento de seu serviço de chatbot, com o intuito de mediar a comunicação entre corretores e contatos interessados em adquirir ou alugar uma propriedade pelo site da empresa ou de parceiros. Chamado Chaterix, o sistema foi desenvolvido pela empresa tendo em vista agilizar as negociações de venda e aluguel dos imóveis.

O serviço de chatbot da empresa foi apresentado oficialmente para o mercado no Property Portal Watch, evento realizado em Madri, no último dia 29 (quinta-feira), que reuniu empresários do setor para trazer as novidades e tendências do segmento imobiliário online global.

“O Chaterix representa um enorme avanço na comunicação entre as imobiliárias e seus clientes, pois, permite uma interação mais amigável com os visitantes do site das imobiliárias permitindo aumentar a captura do contato e facilitando o atendimento via chat com o corretor”, afirma Renato Orfaly, Country Manager do Properati no Brasil.

Orfaly explica que a ideia de criar um robô para se comunicar com os consumidores, antes de colocá-los em contato com os corretores, surgiu da constatação de que os potenciais compradores não costumam esperar muito tempo pelo retorno dos profissionais do mercado e desistem de fechar o negócio.

Com o atendimento em tempo real realizado pelo robô, apelidado de Mariana, o usuário continua engajado até que o corretor possa se conectar com ele. “Desse modo, a ferramenta melhora a experiência do usuário e aumenta as chances de efetivação do contato”, conclui Orfaly.

Durante a conversa, o robô pede informações básicas de contato, como nome, e-mail e número de telefone, além de fazer recomendações de imóveis com perfil similar àqueles procurados pelo usuário.

Chaterix opera na versão Beta e o custo mensal varia de acordo com o plano escolhido pelas imobiliárias que decidirem implementar a ferramenta nas suas plataformas. O programa é disponibilizado em diversas línguas e a fala do robô Mariana é adaptada para o repertório cultural de cada país, de modo que a abordagem é peculiar para cada localidade.