Em setembro, a Visa lançou o Visa Brasil Co-Creation Center, espaço criado com a proposta de trabalhar em conjunto com importantes players do mercado brasileiro para cocriar o futuro das soluções de pagamento, aproximar a empresa dos clientes e expor os ativos da companhia. Durante o lançamento, foi anunciada uma parceria entre a Visa e a Startup Farm.

Segundo Alan Leite, por meio desta parceria, a aceleradora será a ponte entre a Visa e seus parceiros com o ecossistema empreendedor. Por outro lado, a Visa irá suportar com expertise, networking e tecnologia as startups aceleradas e dará acesso à APIs próprias e de empresas parcerias do setor.

A aceleradora lançou hoje seu novo programa de aceleração, o ahead, que responde à demanda apresentada pelo mercado e possui uma nova estrutura em sintonia com todo o aprendizado adquirido nas 17 edições realizadas nos últimos 5 anos. O objetivo do programa é levar as  startups da fase mais inicial até o nível onde apresente produto funcionando e vendas com crescimento consistente.

A partir de 2017, as startups escolhidas para o ahead passarão em um processo que irá durar 6 meses e terá três fases de aceleração com focos específicos:

Laser focus – 5 semanas: Imersão “full life” para os fundadores trabalharem focados na construção do modelo de negócios da sua startup, suportados pela Farm e por uma ampla rede de mentores, parceiros e investidores.

Get Sales Done – 5 semanas: neste módulo a startup trabalhará na construção de uma estratégia de vendas e definirá as principais métricas de desempenho do seu negócio.

Fundraising – 15 semanas: a startup irá construir uma projeção inicial de necessidade de capital, assim como trabalhará na definição da melhor estratégia de captação. Ao longo deste módulo a startup continuará trabalhando no desenvolvimento do produto e/ou serviço, assim como melhorar suas métricas de desempenho com o acompanhamento da Startup Farm.

Cumpridos os três módulos, a startup estará habilitada para o Demo Day, evento em que os empreendedores apresentam seus projetos a investidores e executivos de grandes empresas. Este evento também será reformulado e será voltado para uma plateia de investidores com interesse de investir tickets entre R$300 mil e R$1 milhão. O Demo Day não deixará de ter a função de apresentar os negócios acelerados para ecossistema como um todo.

O ahead Visa será a primeira edição do novo programa que na estreia buscará startups focadas em revolucionar o mercado financeiro nos setores de Pagamentos, Seguros, Gerenciamento Financeiro, Investimentos, Funding, Eficiência Financeira, Bitcoin, Blockchain, Empréstimos e Renegociação de Dívidas. Aquelas startups que possuem serviços e ou produtos relevantes para o setor, também poderão participar.

Realizado com o patrocínio da Visa, o ahead contará ainda com o suporte de tecnologia e negócios do time de executivos da Visa e de outras instituições parceiras. “Acabamos de lançar o Brasil Co-Creation Center em São Paulo e sua principal missão é promover um espaço aberto e interativo que busque cocriar inovações para o desenvolvimento da próxima geração de pagamentos. Ampliar essa rede de cocriação passa por se conectar com startups e com fintechs. A nossa participação nesse novo formato de programa de aceleração da Startup Farm marca o início de um próspero e frutífero relacionamento entre Visa, startups e fintechs em busca do desenvolvimento em conjunto das futuras tecnologias que irão nortear a inovação no país”, afirma Érico Fileno, Diretor executivo de inovação da Visa do Brasil.