O Startupi acompanhou hoje a inauguração do Visa Brasil Co-Creation Center, espaço criado pela Visa com a proposta de trabalhar em conjunto com importantes players do mercado brasileiro para cocriar o futuro das soluções de pagamento, aproximar a empresa dos clientes e expor os ativos da companhia.

A Visa já conta com laboratórios de inovação em Miami, São Francisco, Londres, Cingapura e Dubai. No Brasil, esse espaço inovador está atrelado à abordagem de design thinkingconjunto de métodos e processos que buscam solucionar desafios de forma colaborativa e mais humana, na qual os envolvidos são colocados no centro de desenvolvimento do produto. Os parceiros terão acesso a APIs (interfaces de programação de aplicativos) e SDKs (kits de desenvolvimento de software) da Visa por meio do Visa Developer Program – que transforma a maior rede de pagamento do mundo em uma plataforma aberta para desenvolvedores de softwares e aplicativos.

Foto: Danilo Stoqui

Foto: Danilo Stoqui

O País foi escolhido para sediar um Co-Creation Center por seu potencial de crescimento e ambiente diverso e poderoso de startups, e também porque os brasileiros são conhecidos como early adopters de tecnologias. Nos últimos meses, a Visa lançou algumas tecnologias pioneiras, como a tokenização e os vestíveis (wearables).

O Centro expande o sucesso do Miami Innovation Center, instalação inaugurada em junho de 2016 e que funciona como um hub para a região da América Latina. O Visa Brasil Co-Creation Center será o primeiro ponto de contato da Visa com desenvolvedores e parceiros brasileiros. “Estamos criando uma rede e esse espaço representa uma continuação do esforço e jornada da Visa, e permitirá que nossos clientes locais participem de um grupo global de inovação para cocriar a próxima geração de aplicativos de pagamento”, destaca Eduardo Coello, Group Executive, Visa Inc. America Latina e Caribe.

Foto: Danilo Stoqui

Foto: Danilo Stoqui

Percival Jatobá, Vice-presidente de produtos da Visa do Brasil, destaca que o mundo está evoluindo e a Visa também e uma prova disso é o lançamento desse novo espaço. Percival afirma que estamos vivendo a desconstrução do cartão, o que não significa que ele irá desaparecer, mas dará lugar a dados relevantes e as pessoas pagarão as compras com os dados do cartão, que estarão presentes em todos os devices, isso porque estamos mirando para a Internet das Coisas e esse fenômeno, integração máquina com máquina, é o que fará com que os dados do seu cartão estejam presentes em todos os lugares, no seu carro ou em uma cafeteira, segundo Percival, é a criatividade que irá ditar o futuro.

WhatsApp Image 2016-09-01 at 16.07.21

Ele comenta também que o comércio será onipresente, não mais se restringirá a um lugar específico e você poderá começar a fazer compras da sua geladeira, do seu relógio, de diversos devices.

“Hoje não podemos ter uma ideia e apenas depois de um ano começar a executar e ter o primeiro piloto, precisamos de muito mais agilidade e é isso que faremos aqui”, destaca Érico Fileno, Diretor Executivo de Produtos. O espaço atenderá aos emissores de cartão, credenciadores, estabelecimentos comerciais, fintechs e startups, e será um local de trabalho colaborativo, prático e dinâmico.

Érico Fileno, Diretor Executivo de Produtos - Foto: Danilo Stoqui

Érico Fileno, Diretor Executivo de Produtos – Foto: Danilo Stoqui

Érico comenta que o espaço funcionará no conceito de open innovation para aproximar a vida das pessoas dessa nova realidade e para isso, é preciso estimular a criatividade das pessoas, por isso o espaço possui um lado lúdico e descontraído. O espaço conta também com uma recortadora a laser e impressora 3D, para que em poucas semanas a pessoa saia da ideia e realize o protótipo.

Foto: Danilo Stoqui

Foto: Danilo Stoqui

Fernando Teles, anunciado recentemente como o novo diretor geral da Visa do Brasil, acredita que o Co-Creation Center irá acelerar a criação de novos negócios, além de apoiar os consumidores que, cada vez mais, fazem uso de dispositivos conectados para comprar, pagar e receber pagamentos. “Nosso Centro tem a missão clara de inspirar nossos clientes e parceiros com uma combinação de novas tecnologias que vão ao encontro das necessidades presentes e futuras do consumidor. Como líder em tecnologia de pagamentos, é imperativo que habilitemos nossos clientes a atender a demanda dos consumidores, e os ajudemos a acompanhar a velocidade da inovação no comércio digital”, diz o executivo.

Ainda durante o lançamento, foi anunciada uma parceria entre a Visa e a Startup Farm. Por meio desta parceria, a aceleradora será a ponte entre a Visa e seus parceiros com o ecossistema empreendedor. Por outro lado, a Visa irá suportar com expertise, networking e tecnologia as startups aceleradas e dará acesso à APIs próprias e de empresas parcerias do setor.

“Para construir um ecossistema de classe global precisamos unir forças com líderes em seus mercados e a Visa vem como o nosso grande parceiro de tecnologia de pagamentos”, avalia Alan Leite, CEO da Startup Farm. “Com a parceria, iremos trabalhar para o desenvolvimento de novas soluções relevantes para futuro do setor”.

alan leite

Para Percival, o Visa Brasil Co-Creation Center é um marco dentro da empresa por simbolizar o início de uma nova era. “Temos convicção de que, ao aliar a criatividade dos empreendedores e desenvolvedores brasileiros com a expertise e a inovação gerados pela Visa, grandes negócios e novas parcerias surgirão no País. Vamos elevar o nível do setor de pagamentos no Brasil”, finaliza executivo.