Em época de crise econômica, é cada vez mais necessário que as empresas desenvolvam as competências de seus vendedores para não perderem espaço no mercado para seus competidores. Hoje, o diferencial da equipe e a eficiência dos gestores conta tanto quanto – ou mais – que o diferencial do produto da empresa. E para ajudar as empresas a se adequarem ao mercado há algumas ferramentas que ajudam na gestão de equipe e educação corporativa, uma delas é a SaleSIM.

Fundada por Macario Moraes, especialista em metodologias e treinamentos na área de vendas, três cofundadores da área de tecnologia e design e mais sete pessoas de vendas, a SaleSIM é uma plataforma de avaliação do desempenho e aceleração da força de vendas que torna a equipe de uma empresa mais produtiva, focada nos indicadores de desempenho e que deixa o gestor de vendas livre para encontrar novas formas de como vender mais.

A startup foi criada em 2013 no Recife e já foi finalista em várias competições de inovação, como DEMO Brasil, InovAtiva Brasil, Startup Brasil e 100 Open Startups, além de ter participado do processo de ACE, anteriormente Aceleratech. Em 2016, a startup mudou seu foco de atuação de grandes empresas para pequenas e médias Empresas (PMEs).

Ao longo de vários anos gerindo e desenvolvendo equipes de vendas, Moraes identificou que gestores de vendas estão constantemente esgotados e se queixam que suas equipes de vendas estão desmotivadas, desatentas e desqualificadas num ciclo vicioso e perverso, o que gera baixa produtividade, pressão e demissões dos gestores e vendedores.

Muitos dos gestores são os ex-melhores vendedores, mas que nem sempre foram preparados adequadamente para esse desafio de gerir uma equipe com foco, método e equilíbrio emocional. Por isso, a plataforma da startup é de educação corporativa baseada em serious games, integrado em um sistema inteligente de medição da efetividade dos treinamentos em vendas das PMEs.

Soluções

Hoje a SaleSIM oferece três aplicativos aos clientes, que unem valorização do esforço do vendedor, gamificação, interação com o vendedor e automação das decisões dos gerentes. São eles:

• SalePodio: Estimula a motivação e engajamento da força de vendas através de um ambiente competitivo, descontraído e de reconhecimento constante. A ferramenta também disponibiliza rankings dos seus principais indicadores em TV’s e monitores e permite criar campanhas de vendas.

• SaleMonitor: Para evitar que a força de vendas se esqueça de atividades e avisos diários. Através de uma interface móvel, os vendedores recebem alertas em tempo real para lembrar de atividades rotineiras, etapas do funil de vendas e tarefas delegadas que podem ser monitoradas também via web pelo gerente.

• SaleSimulator: Este aplicativo aplica treinamento de vendas com simuladores de realidade virtual para ajudar na avaliação do desempenho e oferecer dicas de vendas. Permite que o vendedor experimente uma loja 3D, atenda clientes de diferentes perfis e aplique técnicas de vendas, recebendo feedbacks instantâneos, pontuando e subindo os níveis de exigência e ainda compartilhe os resultados em uma rede social exclusiva dos vendedores.

Futuro

A startup iniciou a comercialização de seu produto em junho deste ano, concentrada nos setores de franquias e concessionárias. Alguns dos clientes da startup afirmam ter elevado seus indicadores acima de 70% em um curto espaço de tempo. Já atingiu 40 clientes recorrentes e pretende chegar a 100 clientes no final deste ano e 1000 no final de 2017 para clientes com equipe acima de 5 vendedores de outros setores. Os mercados alvo são grandes empresas dos segmentos automotivo, bancos, telefonia e varejo.