A startup Me Passa Aí, site que reúne videoaulas que capacitam universitários a alcançar bom desempenho nas provas, acaba de captar R$250 mil em investimento por meio da EqSeed, plataforma de equity crowdfunding. No total, 54 investidores nacionais investiram na startup, e em troca, receberam participação totalizando 12,5% da empresa.

O fundador e CEO do Me Passa Aí, Luiz Gustavo Borges, prevê que a captação deve impulsionar ainda mais o negócio. “Precisávamos atrair capital para expandir nossas operações e o  equity crowdfunding foi a maneira mais efetiva de estabelecer este objetivo”, diz. Além da importância do aporte financeiro, Borges ficou feliz com o perfil dos investidores atraídos. “Realmente conseguirmos atrair o Smart Money que procuramos, atraímos investidores na oferta com bastante experiência no mercado de educação e universitário, bem como executivos do mercado financeiro e advogados. Sem dúvida são investidores com a experiência, conhecimento e com redes que vão ajudar em nosso crescimento.”

Pela oferta – cuja publicação foi previamente aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) – os investidores escolheram o seu valor de investimento e em troca, receberam participação na empresa. Essa participação proporciona o direito de compartilhar dos futuros benefícios financeiros da empresa, que podem ser altamente lucrativos. “A empresa que capta pela EqSeed pode passar a ser adquirida por empresas maiores ou até fazer um IPO no futuro. Quando acontece, esses eventos geralmente resultam em lucros significativos para os investidores, ” avalia Greg Kelly, ex- Lloyds Bank e sócio-fundador da EqSeed. “Os investidores na plataforma EqSeed buscam construir seus próprios portfólios de participações em startups que podem se tornar as grandes empresas do amanhã”, finaliza.

Criado para ajudar os universitários a alcançarem bom desempenho nas provas, o site Me Passa Aí oferece uma nova forma de estudar na faculdade. A startup produz seu próprio conteúdo de um jeito diferente e didático. As aulas – com duração de, no máximo, oito minutos – são conduzidas pelos chamados “explicadores nerds” – universitários com notas de destaque e alta capacidade para ensinar. Dessa forma, o conteúdo é transmitido dentro da linguagem dos alunos. Todas as aulas são estruturadas e aprovadas por professores certificados, com conteúdo selecionado e utilizando os livros mais usados de cada disciplina no Brasil.

Em 2016, a startup foi selecionada como uma das melhores do Brasil pelo movimento 100 Open Startups, bem como foi selecionada para os programas de aceleração do StartupRio e Seed Minas Gerais. Segundo Borges, é uma honra e mais um passo importante ter captado investimento de um grupo de 54 investidores. “Criamos o Me Passa Aí para mudar a realidade dos estudantes universitários no País, 70% dos quais trabalham enquanto estudam e acabam faltando nas aulas e perdendo conteúdos importantes. Ter um grupo de pessoas que acreditam na nossa empresa, e querem fazer parte do nosso futuro, é realmente uma coisa extremamente empolgante para mim como empreendedor. Tenho muita confiança no futuro do Me Passa Aí”, finaliza.

Como funciona

Por meio do EqSeed, o potencial investidor pode descobrir e interagir com startups e empresas em expansão nas quais é possível investir online. Visando a transparência, a plataforma oferece ao investidor a possibilidade de ter acesso ao plano de negócios e dados relevantes da empresa, além de entrar em contato diretamente com os fundadores. Vale ressaltar que todas as campanhas publicadas passam por um rigoroso sistema de triagem, bem como um processo de aprovação com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).  Na prática, as ofertas de investimento na EqSeed têm uma meta e um prazo fixo, e aproveita do mecanismo de “tudo ou nada”. Isto é, a empresa tem que arrecadar exatamente o valor pedido no prazo para receber o investimento. Em troca, os investidores recebem uma participação da empresa investida.