Dinneer – startup que conecta pessoas que amam novas experiências gastronômicas com anfitriões que oferecem almoços e jantares exclusivos -, após entrar em 27 países e ter centenas de refeições mensais realizadas através do site, teve Jardel Mattos, gerente da Pantanal Incubadora de empresas da UFMS, da qual o Dinneer é parceira, enviado para um evento em Shanghai, a capital financeira do país asiático, cumprindo uma agenda de reuniões e rodadas de negociação com diversos empresários e investidores do país, entre as quais apresentou o conceito e as possibilidades de investimento no serviço que revolucionou a forma de lidar com as refeições.

Flavio Estevam, CEO do Dinneer.com conta que “em uma apresentação, investidores japoneses disseram que abrasileiramos as refeições. O brasileiro tem disso, da refeição ser um evento social, não um ato automático de se alimentar. Gostamos disso e incorporamos ao nosso DNA.”

A maior dificuldade encontrada por empresas externas no mercado chinês é ingressar num mercado altamente concorrido. Harry Wang, presidente da Linear Venture afirma que “no setor de startups, 75% dos investimentos estão ocorrendo na China”, explicando o fracasso de várias tentativas de penetração por grandes empresas.

Apesar das dificuldades, Jardel acredita que a empresa alcançou bons resultados, e completa “nos próximos meses um grande anúncio para startups brasileiras poderá acontecer”.

O Dinneer.com é uma startup de economia compartilhada, o Airbnb dos jantares, na qual um anfitrião pode abrir sua casa e receber um visitante para uma refeição, fazendo amizades e lucrando. Em julho deste ano a startup recebeu seu primeiro investimento-anjo, que foi realizado pela BEATS Brasil, por meio da plataforma de relacionamento e investimento DealMatch.

A BEATS Brasil – que atua no mercado de eventos corporativos desde 2010 – adquiriu o STARTUPI em 2015 e hoje realiza aportes e lidera captação de investimento para startups de tecnologia.