A Escola Politécnica da USP é historicamente um ambiente conservador, grande exportadora de mentes para os bancos de investimento, consultorias, escritórios de engenharia e multinacionais. Não é diferente de outras escolas de engenharia, economia ou administração, as quais possuem uma grade curricular que engessa os alunos. Ainda, imersos num cenário de protagonismo de startups como Uber, Nubank e iFood, esses estudantes querem empreender, mas não sabem por onde começar.

É com essa missão que o Ser Empreendedor chega à sua 13ª edição: aos que não sabem o que é empreendedorismo, apresentar; aos que não sabem que podem empreender, empoderar; aos que não tem ideias, inspirar; e aos que querem começar sua mudança desde já, desenvolver.  Trata-se de um evento de empreendedorismo realizado pela Poli Júnior, Poli-USP, a primeira empresa júnior de engenharia do Brasil e, atualmente, a maior do país em número de membros.

Em 2015, o Ser contou com 1200 inscrições em atividades e 429 participantes únicos, em um formato que cumpriu com todas as propostas do evento. Foram 19 atividades ao longo de 4 dias voltadas para apresentação do universo do empreendedorismo, capacitação por meio de oficinas e workshops; imersão em um ambiente de coworking com o Innovation Day, realizado no CUBO do Itaú; e oportunidade de desenvolvimento para as 70 startups inscritas na Competição de modelo de negócios.

A Competição é composta de três fases: inicialmente  os candidatos devem enviar online um BM Canvas e um documento OnePage em que terão que descrever sucintamente sua ideia de modelo de negócio. Após triagem inicial, 10 equipes serão convocadas para uma etapa presencial, focada em capacitar essas equipes a consolidar sua ideia. Na fase final, apenas 6 equipes estarão presentes, na qual terão que apresentar um pitch de 5 minutos para uma banca composta de investidores e professores da Escola Politécnica da USP. A equipe vencedora ganhará cursos da Alura, Saint Paul, Fundação Estudar, além de ter o logo de sua startup feito por uma empresa especializada. Por fim, os vencedores terão 3 meses de acesso a um espaço de coworking para criar uma forte rede de networking.

Esse ano, o evento vem muito mais forte em seus objetivos. Entre as novidades está o Startup Time, uma tarde dentro da Movile – startup tech de muito sucesso. Buscando também causar impacto na vida de crianças que nunca sonhariam em ter seu próprio negócio, o evento desse ano terá uma ação social promovida em uma ONG, buscando instigar o empreendedorismo até mesmo no ambiente infantil.  Todos que quiserem participar desse ato estão convidados a se inscreverem no evento a partir da última semana de setembro!

Além de tudo, a programação inclui palestras, flashtalks e oficinas com empresas como a Fundação Estudar, Nic.br, Suzano, iFood, Movile, Itaú e L’Óreal. Durante a divulgação do evento serão sorteadas bolsas para curso de Excel da EX2. Também serão sorteadas bolsas dos cursos da Fundação Estudar durante a semana de capacitação bem como para os participantes da competição!

Não perca essa oportunidade de entrar em contato com as mentes mais inspiradoras do mercado brasileiro atual! A etapa de capacitação do evento acontecerá na Escola Politécnica da USP nos dias 03 a 07 de Outubro com programação das 9h às 19h. Confira a programação.