Após adquirir a startup Turi, que oferece uma plataforma de software para permitir que outras empresas criem aplicativos de machine learning, por US$200 milhões, a Apple acaba de anunciar a compra de mais uma startup, a Tuplejump.

Segundo o TechCrunch, após a aquisição, o site da startup foi tirado do ar, mas havia um trecho dentro do próprio site da companhia descrevendo-a assim:

Alguns anos atrás, as pessoas perceberam que o volume de dados que as empresas geram estavam se tornando difíceis de manejar e foi aí que um conjunto de novas tecnologias para lidar com esses dados foram surgindo. Nós fomos um dos primeiros a adotar a tecnologia de Big Data, tendo ajudado cerca de 500 empresas que adotaram rapidamente nossa tecnologia, após perceber o quão simples os dados poderiam se tornar. Estamos construindo uma tecnologia que é simples de usar, escalável e que irá permitir que as pessoas façam perguntas difíceis utilizando grandes conjuntos de dados”.

Os detalhes da compra não foram divulgados, um representante da Apple afirmou que a empresa “compra empresas de tecnologia menores de tempos em tempos, e geralmente não discute seus propósitos ou planos”.

O que parece é que a Apple estava particularmente interessada no”FiloDB”, um projeto de opensource que a startup Tuplejump estava construindo para aplicar de forma eficiente conceitos de machine learning e análise de grandes quantidades de dados complexos.