Após revelar hoje que seus primeiros carros autônomos começarão a circular ainda este mês em Pittsburgh, a Uber acaba de anunciar a aquisição da Otto, empresa de tecnologia que desenvolve caminhões autônomos. As empresas não revelaram o valor do acordo. Confira abaixo o comunicado da empresa assinado por Travis Kalanick, CEO e cofundador da Uber, sobre a compra:

Hoje eu gostaria de anunciar que a Uber adquiriu a Otto, startup de tecnologia cuja missão é repensar o transporte, começando com caminhões autônomos (que se dirigem sozinhos). A partir de agora, o cofundador da Otto, Anthony Levandowski, irá liderar os nossos projetos de veículos autônomos, seja para o transporte de pessoas, entregas e caminhões, em San Francisco, Palo Alto e Pittsburgh.

Este é um passo muito importante para a Uber. Cada vez mais, o mundo dos átomos tem interagido com os bits da tecnologia. Para oferecer serviços digitais no mundo real, precisamos desenvolver sistemas de logística sofisticados, inteligência artificial e tecnologias de robótica que sirvam e elevem a humanidade.

A Uber e a Otto formam a equipe perfeita para desenvolver este conjunto de tecnologias avançadas. Anthony é um dos pioneiros das tecnologias autônomas: sua primeira invenção foi uma motocicleta autônoma chamada Ghostrider, que agora está em exibição no museu Smithsonian. Além disso, Anthony é um excelente empreendedor com um senso de pioneirismo e persistência.

Juntos, nós contamos com vários dos engenheiros de tecnologias autônomas mais competentes do mundo; com caminhões e carros autônomos que já estão nas estradas graças à Otto e ao Centro de Tecnologias Avançadas da Uber em Pittsburgh; com a experiência de nossos serviços de viagens compartilhadas em centenas de cidades no mundo todo; com os dados e competências que adquirimos ao possibilitar 1,2 bilhão de milhas percorridas por mês.

Nos últimos seis anos, nós temos notado o impacto profundo que os smartphones tiveram no setores de transportes e de entregas. Ao tornar possível que as pessoas possam conseguir uma viagem ao toque de um botão, nós estamos ajudando a mudar o mundo rapidamente. As viagens compartilhadas ajudam a reduzir a embriaguez ao volante, complementam os meios de transporte público e ajudam as pessoas a chegarem a lugares onde outros meios de transporte não chegam, substituindo cada vez mais a necessidade de possuir um carro. E, acima de tudo, os smartphones tornaram possível o compartilhamento de viagens em grande escala. Com mais pessoas em menos carros, nós estamos contribuindo para reduzir os congestionamentos e a poluição em nossas cidades.

Mas estamos apenas no começo, especialmente quando o assunto é a segurança. Mais de um milhão de pessoas morrem no trânsito a cada ano no mundo todo e 90% desses acidentes são causados por erro humano. Nos Estados Unidos, os acidentes de trânsito são uma das principais causas de morte para jovens com menos de 25 anos. A tecnologia de veículos autônomos pode ajudar a reduzir essas estatísticas trágicas. É por isso que é tão importante a nossa parceria com a Volvo (fabricante sueca de veículos), que também estamos anunciando hoje. Nossos parceiros são muito importantes para nossos planos de veículos autônomos. É muito difícil fabricar um carro, como eu descobri em minha primeira visita a uma fábrica de carros há muitos anos. Ao combinarmos a tecnologia de veículos autônomos da Uber com os veículos e segurança de ponta da Volvo, nós conseguiremos chegar ao futuro mais rapidamente do que se estivéssemos sozinhos.

Por isso, estamos celebrando nossa parceria com a Volvo e desejamos boas-vindas ao Anthony, Lior e toda a equipe da Otto. Estamos muito felizes por tê-los em nossa equipe. O futuro nos aguarda!

— Travis Kalanick, CEO e cofundador da Uber