A startup SpumeNews apresenta uma maneira inovadora para o consumo de tweets durante os jogos do Rio de Janeiro. Trata-se do portal Dot2News.com, lançado em cooperação com o software de integração (API) do Twitter e que é capaz de organizar todos os posts sobre as disputas e o que de mais relevante estiver acontecendo na cidade durante o mês de agosto, por meio de inteligência artificial.

De maneira fácil e amigável, o internauta pode navegar por oito janelas, com os assuntos mais falados no Twitter, que são selecionados dentre 700 mil e 800 mil posts diários, por temas. Ao clicar em uma das janelas, aparece a íntegra do tweet, com a possibilidade do usuário já se logar na rede social e interagir, bem como saber a fonte da notícia. Também é possível visualizar outros veículos que publicaram a informação.

Toda a seleção das notícias é feita por um robô, sem curadoria humana. A atualização é realizada a cada 30 minutos.“O internauta estará em contato com as notícias mais quentes sobre os jogos, ou seja, aquelas que estão viralizando e gerando buzz”, afirma Mauro Jeckel, idealizador do projeto.

Apoiada pela Wayra Brasil, aceleradora do Grupo Telefônica, a SpumeNews levou três anos para desenvolver a tecnologia que lhe permitiu chegar a um nível de inteligência artificial que garante aproximadamente 90% de precisão na organização das notícias, de acordo com critérios jornalísticos. Com base em um algoritmo inédito no mundo capaz de ler como a mente humana, o robô identifica e destaca as principais palavras conseguindo entender o conteúdo de cada texto e correlacioná-los.

A startup já lançou o aplicativo SpumeNews, que permite que o consumidor se atualize em segundos, por meio do celular. “O problema nos dias atuais é muita informação e pouco tempo, por isso nosso objetivo é ajudar as pessoas a se informarem de forma rápida e essencial”, afirma Jeckel.

A SpumeNews foi criada pelo arquiteto e matemático Mauro Jeckel e pelo programador Miguel Manfredi. Com patente no Brasil e Estados Unidos, o projeto recebeu investimentos da Wayra para a criação da primeira versão do aplicativo, que ficou entre os 10 melhores apps do Brasil em concurso da IBM  e entre os 10 melhores da América Latina no concurso da Qualcomm.