A Microsoft anunciou que adquiriu a Beam, um serviço de livestreaming inovador e interativo que dá aos espectadores a possibilidade de ver e tocar junto com seus jogos favoritos em tempo real. A startup evoluiu o jogo de streaming a partir de uma experiência passiva, a uma participação em tempo real, permitindo que o espectador a influencie diretamente a jogabilidade de um streamer e transmissão ao vivo.

“Nós da Xbox estamos animados sobre esta convergência entre jogar e assistir, e queremos proporcionar aos jogadores a liberdade de escolha para ter grandes experiências com multijogadores através de todas as plataformas da Beam”, escreveu Chad Gibson, Gerente de Grupo da Xbox Live. “Esta aquisição vai ajudar os jogadores a desfrutarem dos jogos que eles querem, com as pessoas que querem, e sobre os dispositivos que eles querem”.

Com a Beam o usuário não apenas assiste seu jogo favorito, mas joga junto com os outros jogadores. Usando o Minecraft, por exemplo, um usuário pode propor novos desafios aos jogadores que assiste e fazer escolhas em tempo real que afetam o jogo, inclusive a seleção de ferramenta para missões movimento; tudo através de controles visuais simples.

Uma das melhores partes sobre a Beam  é que a interatividade é fácil para ativar e personalizar streamings, independentemente do jogo ou plataforma. A plataforma da startup é projetada para trabalhar com qualquer jogo, e continuará a oferecer transmissões em todas as plataformas de jogos, tal como acontece hoje.

Entretanto, a Beam permanece comprometida com sua missão de capacitar os usuários e streamers em todas as plataformas e agora vai ser melhor posicionada para crescer e dar um conteúdo de mais qualidade à comunidade de usuários. “Como parte da equipe Xbox, nós vamos ser capazes de escalar mais rápido do que nós éramos antes”, escreveu Matt Salsamendi, CEO da startup em um post no blog da Beam. “Estamos expandindo a equipe, reforçando nossa infra-estrutura, e, mais importante, continuaremos a crescer a comunidade incrível que tivemos sorte para construir dentro da Beam”.