A Amazon está fazendo o seu maior investimento até agora por meio do fundo Alexa em uma startup que fabrica termostatos conectados à internet, chamada Ecobee. O anúncio foi realizado nesta quinta-feira, e a empresa está se juntando a uma rodada US$ 35 milhões de investimento na fabricante de hardware com sede em Toronto, no Canadá. Outros investidores desta rodada incluem Thomvest e Ventures Relay.

O fundo de US$ 100 milhões recebeu este nome após o serviço de voz inteligente da Amazon, Alexa, que torna possível serviços como o Amazon Echo. O fundo destina-se a incentivar desenvolvedores a trabalharem em novos serviços e integrações no serviço. Até à data, a companhia tem principalmente investido em empresas de hardware como a Ecobee, mas em investimentos geralmente bem menores.

A Ecobee integrou seu produto com a Amazon no início deste ano, através de uma API chama Alexa Connected Home Skills. Usando o dispositivo Amazon Echo, os usuários podem controlar seus termostatos, emitindo comandos como “Alexa, colocar a temperatura em 23°C”.

O Amazon Echo tem se tornado cada vez mais uma importante plataforma para dispositivos domésticos inteligentes. Recentemente, a empresa acelerou seus esforços para incentivar startups de hardware para integrar a Alexa diretamente em seus produtos, de acordo com empresas do mercado.

“Esta rodada de financiamento marca o nosso maior investimento individual do Fundo Alexa até agora e se baseia em nossa relação existente com a Ecobee, que foi fundamental para nos ajudar a construir a API Alexa Connected Home Skills”, disse Steve Rabuchin, vice-presidente da Amazon Alexa, em um declaração. “Ficamos impressionados com as tecnologias inovadoras de casas inteligentes da ecobee e sua capacidade de melhorar a vida cotidiana dos usuários. Estamos animados para ver o que o futuro reserva para esta empresa em crescimento e as novas experiências de voz que trarão para os clientes que usam a Alexa”, finalizou.

Fonte: Forbes