Este é o lugar onde o Facebook vai realizar e testar seus protótipos; drones solares, lasers de Internet, fones de ouvido de realidade virtual e servidores da próxima geração. As informações são do TechCrunch.

O problema de se mover mais rápido do que a maioria das empresas é que o Facebook foi atormentado por atrasos sempre que teve de terceirizar prototipagem e testes de seus dispositivos e aparelhos. Com o tanto de hardware em sua trajetória de 10 anos, e, trimestre após trimestre de lucros acumulados, fazia sentido construir um laboratório dedicado a estas tecnologias na sua sede em Menlo Park.

Então, esta semana, o Facebook deu a um grupo de jornalistas, o primeiro olhar por dentro do Area 404.

Embalado com máquinas perigosas e gigantes como uma broca de 9 eixos controlada por computador, o Area 404, abriga um dos poucos lugares do Facebook onde a entrada de Mark Zuckerberg não é permitida. O local não é muito seguro, apesar de todas as precauções, certificações e formação que o Facebook oferece aos seus engenheiros de hardware.

Felizmente, o Facebook adere rigorosamente a um sistema de segurança tipo 5S- “sort, set in order, shine, standardize and sustain”-. Cada uma das ferramentas é colocada em seu devido lugar. Spencer Burns, um dos maiores nomes do laboratório CNC Model Maker, explica que o Facebook não pode mover-se rapidamente se não puder encontrar suas ferramentas.

img_8043

Foto: TechCrunch

Jay Parikh, head do Facebook de Engenharia e Infra-estrutura, diz que espaço de mais de 6705 m² foi nomeado de “Area 404”, após o código de erro “Not Found”. Segundo ele, os engenheiros da empresa precisavam prototipar novos dispositivos de hardware, mas os recursos necessários infelizmente foram “não encontrados” no Facebook.

Jay Parikh. Foto: TechCrunch

Jay Parikh. Foto: TechCrunch

Após inúmeros pedidos de seus engenheiros, o Facebook finalmente enterrou um monte de escritórios no Edifício 17 da sua sede, perfurado colunas de suporte gigantes até o alicerce para apoiar a maquinaria pesada, e transformou o espaço em um branco e reluzente centro de corte futurista.

A área é um grande upgrade para o Facebook ajustar seus empreendimentos em hardware.“Nosso primeiro laboratório de hardware era tão grande quanto uma escrivaninha em uma antiga sala do correio”, diz Parikh. Sua peça favorita do novo laboratório? Um microscópio eletrônico com 10 mil vezes de ampliação para inspecionar pequenas falhas em hardwares. A construção começou há nove meses sob a supervisão do gerente de mecânica e energia do Facebook, Mikal Greaves, e agora, as primeiras equipes estão se juntando a ele.

Foto: TechCrunch

Foto: TechCrunch

Parikh explica que existem dois objetivos principais do Area 404:

  1. Criar um espaço de colaboração grande o suficiente para obter engenheiros de hardware de toda a empresa juntos para trabalhar em problemas comuns,
  2. Construir um laboratório de hardware state-of-the-art com o equipamento necessário para fazer o protótipo e teste dos primeiros desenhos de futuros dispositivos do Facebook.

Foto: TechCrunch

Foto: TechCrunch

Ambos irão reduzir o tempo que o Facebook leva para obter desde a concepção do protótipo do dispositivo até poder produzir em massa. A equipe Internet.org Connectivity que testa aplicativos em redes de internet fracas, o Oculus VR Squad, Building 8 – divisão pioneira de tecnologia nova misteriosa do Facebook-, e suas equipes de infra-estrutura que constroem servidores e centros de dados podem agora trocar ideias entre si em uma casa comum. O laboratório tem 50 bancadas de trabalho para acomodar todos eles.

Dentro do laboratório, vimos de tudo: desde software de projetos de modelagem 3D, estações para tornos e engenhos controlados por computador para forjar metal em protótipos e até um aparelho de ressonância magnética para olhar dentro de um dispositivo para detectar erros. Metade do laboratório é dedicado à experimentação de engenharia elétrica, enquanto a outra metade é para oficinas de prototipagem para a moldagem, corte e dobragem do metal, bem como manipulação de madeira, pedra, ou de vidro, se necessário.

img_7912

Foto: TechCrunch

Hardware não é um novo empreendimento para o Facebook. Ele tem um hub Oculus em Seattle e um hangar de aviões no Reino Unido para o drone Aquila. Mas, com o Area 404, pode trazer suas criações no mundo físico até o mesmo ritmo de criação e interação que está impulsionado o sucesso do Facebook no mundo do software.

Foto: TechCrunch

Foto: TechCrunch

Para ler o texto originalmente publicado, clique aqui.