O Governo do Distrito Federal, junto com a FAP-DF (Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal), anunciou o investimento de R$ 5 milhões para o Startups Brasília 2016. A seleção pública que dá apoio financeiro ao desenvolvimento de produtos e processos inovadores está na sua segunda edição.

Em seu primeiro ano, também houve um investimento de R$ 5 milhões, e 375 pessoas tiveram seus projetos habilitados para concorrer a uma parcela da quantia disponibilizada pela FAP. Alguns dos projetos chegaram a receber cerca de R$ 200 mil para implementação.

Para o secretário adjunto do Trabalho e Empreendedorismo, Thiago Jarjour, o recurso disponibilizado é um ponto de apoio muito importante para as startups. “Acredito que fomentar o empreendedorismo é crucial para o desenvolvimento da cidade. Brasília é empreendedora e vitrine para o resto do país, e esse tipo de projeto e investimento é essencial para que esses novos negócios saiam do papel e comecem a se tornar reais, o que é excelente para aquecer nossa economia. Além disso, é muito interessante que essas idéias inovadoras nasçam aqui e permaneçam na capital”, disse Jarjour.

As inscrições para a primeira etapa acontecem até 2 de agosto por meio do site da FAP. Nesse primeiro momento é preciso entregar formulário preenchido e apresentação da ideia por escrito ou em vídeo. Os selecionados para a próxima etapa precisarão enviar um plano de negócios com ações previstas para 12 meses. O resultado final está previsto para outubro e cada contemplado pode receber até R$ 150 mil para desenvolver o projeto.