O mundo está cheio de pessoas que não realizam o seu potencial em grande parte porque as suas cidades não oferecem as oportunidades e condições de vida necessárias para o sucesso. Uma maneira para melhorar o nosso mundo está a desencadear este potencial enorme, fazendo melhores cidades”. É assim que começa uma publicação da Y Combinator, uma das maiores aceleradoras do Vale do Silício, que pretende construir uma cidade inteligente.

O foco da aceleradora, com o comunicado, é convocar interessados para participarem do projeto da cidade. A YC, como também é chamada, destaca que hoje não há mais necessidade das cidades se localizarem em locais estratégicos, como perto de rios, por exemplo, além de que agora grandes tecnologias, tais como redes inteligentes, veículos autônomos e até a própria internet permitem a participação nunca antes possível. Além disso, os preços da habitação em muitas cidades se tornaram insustentáveis e, mais do que nunca, há a necessidade de mais habitação em lugares onde as pessoas realmente querem viver.

A primeira fase do projeto será uma pesquisa da aceleradora, que compartilhará publicamente todos os resultados. “No final do processo, vamos decidir se é algo que devemos prosseguir e em que locais exatos. Estamos seriamente interessados na construção de novas cidades e achamos que sabemos como financiá-las”, diz a publicação.

Os interessados em fazer parte da equipe neste projeto em tempo integral, devem se inscrever até dia 30 de julho. A YC procura “pessoas com fortes interesses e ideas ousadas na arquitetura, ecologia, economia, política, tecnologia, planejamento urbano, e muito mais”. Quem quiser colaborar, mas não puder se dedicar full time à construção do projeto, pode entrar em contato com a aceleradora por email.