Com o objetivo de tornar mais completa a experiência de seu aplicativo Fabric, o Twitter anunciou uma atualização que trará mais funcionalidades às empresas e aos desenvolvedores de apps. Os novos recursos permitem o acesso a análises mais detalhadas e completas em relação as métricas de aquisição, engajamento e retenção, como DAU (usuários ativos diários) e MAU (usuários ativos mensais). As novidades trazem ao desenvolvedor, líderes  de produto e empresas com apps a possibilidade de acompanhar em tempo real o desempenho de seus aplicativos, e assim ter mais rapidez e facilidade para tomar decisões, já que não é necessário utilizar o seu laptop ou computador para ter acesso aos dados.

Há alguns meses, o Twitter havia anunciado o lançamento do aplicativo do Fabric, plataforma modular móvel utilizada por empresas e desenvolvedores para a criação de apps, o que trouxe mais praticidade para acompanhar a estabilidade de aplicativos e a sua evolução em tempo real.

O Fabric está instalado em mais de 1.6 bilhão de dispositivos, entre iOS e Android, sendo usado por mais de 100 mil desenvolvedores. Para se ter uma ideia, mais de 1 milhão de aplicativos já foram integrados com Crashlytics,  ferramenta que identifica e reporta falhas em aplicativos, e que chega a analisar cerca de 18 bilhões de falhas  por mês. O Brasil é o país da América Latina que mais utiliza o Fabric: a plataforma está presente em 69% dos apps desenvolvidos no país.

Agora, com as novas funções, as empresas e os desenvolvedores poderão entender, a partir de gráficos, como a atividade dos usuários de seus aplicativos está mudando ao longo do tempo. Também será possível compreender, por exemplo, quantos novos usuários estão chegando a cada dia e comparar com o movimento da semana anterior. Essas funcionalidades colaboram especialmente em datas de lançamento de aplicativos, dias considerados mais críticos, já que requerem atenção redobrada em relação a estabilidade.

Os novos recursos do aplicativo Fabric permitem ainda, além de analisar como está o crescimento do número de usuários ativos, saber a quantidade de sessões, compreender quais são os problemas que estão afetando a usabilidade do aplicativo e quais são as horas em que os usuários ficam mais ativos, o que ajuda a concluir qual é o melhor momento para lançar uma atualização, ou um novo aplicativo.