Hoje o Startupi foi conferir o anuncio de inauguração do Google Campus São Paulo, que ocorrerá na próxima segunda-feira (13).

“São Paulo passa a fazer parte do grupo seleto de cidades como Londres, Tel Aviv, Seul, Varsóvia e Madrid que possuem um Google Campus”. Segundo André Barrence, diretor do Campus São Paulo, essa oportunidade é muito auspiciosa e os números dos Campus não deixam mentir que o impacto potencial de uma iniciativa como essa são muito promissoras.

Ao redor do mundo, o Google Campus conta com 70 mil membros dessa comunidade que o espaço São Paulo passa a fazer parte. Nessa comunidade, mais de 215 milhões de dólares foram arrecadados e captados por empreendedores para desenvolverem suas ideias e mais de 4.600 empregos foram criados por essas startups.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

São Paulo foi a sexta cidade a receber o Campus por ter uma comunidade de startup jovem e próspera, pois o Google acredita que as startups baseadas aqui podem ter um alcance global e gerar desenvolvimento econômico para todo o País e América Latina.

O espaço foi criado para empreendedores, mentores, investidores e todos os entusiastas da comunidade de startups. Ele serve para que os empreendedores aprendam, se conectem e criem empresas inovadoras de alto impacto.

O Prefeito Fernando Haddad marcou presença no evento e se mostrou muito satisfeito com a iniciativa. “É um orgulho para São Paulo estar entre as seis cidades do mundo contempladas com um investimento dessa natureza. É um reconhecimento que a nossa cidade tem vigor, criatividade, talento e que de certa maneira, funciona como um hub de talentos capazes de produzir inovação”.

Foto: Fernanda Santos

Foto: Fernanda Santos

O Prefeito argumentou que estão cada vez mais trabalhando para que o setor público faça a modernização necessária para ir de encontro com os anseios dos empreendedores, citando que, inclusive, estão com uma consulta pública em aberto para baixar um decreto que permitirá que os empreendedores abram suas empresas em até 5 dias.

“O Google Campus é um espaço reservado para inovação, que tem tudo a ver com o espírito empreendedor do paulistano. É emocionante e tocante ver que alguém teve a ideia e realizou o plano na cidade de São Paulo, temos muito do que nos orgulhar, espero que outras empresas se espelhem nessa iniciativa e façam parte dessa revolução tecnológica que o Brasil está vivendo para melhorar a vida de todos”, finaliza o Prefeito.

Por dentro do Google Campus São Paulo

  • Mais de 2.600 metros quadrados;
  • 2 espaços de evento: auditório para 100 pessoas, salas de aula para 50 pessoas;
  • 3 andares de coworking, incluindo salas de reuniões (150 estações de trabalho);
  • Sala de reunião executiva que estará disponível para membros realizarem reuniões de negócios;
  • 2 andares do Campus Café (espaço para 160 pessoas em cada andar);
  • Sala de amamentação;
  • Bicicletário,
  • Chuveiros e vestiários.
Sala de aula do Campus- Foto: Divulgação

Sala de aula do Campus- Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Espaço de coworking – Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Sala de reunião – Foto: Divulgação

Como fazer parte do Campus

Um diferencial do Campus São Paulo em relação a todos os outros Campus é o Programa de Residentes, onde parte do espaço será alocado para as ideias mais inovadoras, disruptivas e de impacto. Como residente do Campus, as startups terão 6 meses de espaço para sua equipe e acesso à rede de especialistas do Google, além de oportunidades para participar de programas de imersão, exchange globais, eventos e conteúdos exclusivos para residentes. O espaço não tem custo para startups, o Google exige apenas engajamento para a criação de uma comunidade.

“Pedimos que, como residente, a startup ajude a contribuir para que mais empreendedores tenham sucesso e continuem desenvolvendo a cultura empreendedora do País. Não teremos nenhum tipo de participação nas startups nem algum tipo de cobrança, pois acreditamos que em uma cidade como São Paulo, programas como esse precisam ser capazes de romper com todas as barreiras, queremos selecionar as melhores ideias, e não as melhores ideias que podem pagar para usar o espaço”, destaca André.

Critérios de seleção

O Google busca startups que desenvolvam tecnologias únicas ou apresentem modelos de negócios disruptivos; busquem solucionar um problema relevante e com alto potencial de impacto; sejam compostas por um time diverso e contribuam e se engajem no fortalecimento da comunidade empreendedora.

A seleção será feita por um painel de líderes do ecossistema, empreendedores de sucesso e o time do Campus.

Google Campus para todos

Qualquer pessoa pode se registrar de graça no site do Campus para se tornar membro da comunidade e ganhar acesso ao Campus Café, que segundo André, é o coração do Campus. São dois andares em que 170 pessoas terão livre acesso para sentar todos os dias e trabalhar livremente de segunda a sexta, das 9h às 19h. Membros da comunidade também poderão se inscrever para grandes eventos feitos no auditório e nas salas de aula e também realizar seu próprio evento de startup no Campus, desde que seja de graça e pelo benefício da comunidade empreendedora.

Parceiros do Campus

A Startup Farm é a Aceleradora residente do Campus São Paulo, ocupando um andar inteiro do prédio de seis andares. A Aceleradora usará o Campus para realizar seus Programas de Aceleração, promover eventos para conectar grandes empresas e startups e uma série de iniciativas para fomentar o empreendedorismo globalmente.

O Google Lauchpad Accelerator, iniciativa desenvolvida para fomentar o crescimento de soluções digitais inovadoras que já estejam disponíveis em seus respectivos mercados também é um parceiro do Campus, junto da TechstartsBrazil Innovator, focada em aproximar empreendedores brasileiros e investidores no Vale do Silício e o Sofa Café, constantemente classificada entre as três melhores cafeterias de São Paulo e que junto de outras cafeterias fundou o “Fazedores de Café”, uma iniciativa sem fins lucrativos para ensinar jovens de famílias de baixa renda a ciência do trabalho com café.

As inscrições para o Programa Residentes vão até 08/07 e o anúncio das startups escolhidas está previsto para o dia 05/08. Continue ligado no Startupi e fique por dentro de mais novidades do Google Campus São Paulo.