Uma conversa súbita, passageira e que não deixa rastros é a nova febre das redes sociais, o Snapchat. Além da característica temporária, o aplicativo tem conquistado milhares e milhares de usuários com seus filtros como o Lenses, que permitem mesclar imagens reais com animação e efeitos especiais.

Certo, mas o que isso tem a ver com a publicidade online? A adesão e o engajamento cada vez maior de usuários, consumidores alvo de muitas marcas.

Em maio de 2015, o cofundador e CEO do Snapchat, Evan Spiegel, revelou que a empresa tinha então mais de 100 milhões de usuários ativos por dia, sendo que mais de 65 milhões deles enviam fotos ou vídeos. No final do ano passado, sete meses depois, este número saltou para 6 bilhões de visualizações por dia em todo o mundo. E a expectativa é que de que este número siga crescendo nos próximos anos. “Em menos de seis meses, já ativamos mais de 20 ações de empresas na nova rede social, o que já representa cerca de 6% de todas as nossas campanhas em 3 anos de operação”, revela Celso Forster, sócio e diretor de atendimento da BR Media Group, confirmando o interesse das marcas no enorme contingente de usuários do Snapchat.

No campo das celebridades, grandes catalisadores do crescimento exponencial do Snapchat e utilizados em muitas campanhas online como influenciadores, alguns demoraram para aderir à ferramenta, mas não conseguiram ficar de fora dessa. Foi o caso do jogador Neymar, conhecido por administrar pessoalmente suas redes sociais, e que só abriu um perfil do Snapchat em janeiro de 2016. Com 55 milhões de seguidores no Facebook, 40,5 milhões no Instagram e outros 21 milhões no Twitter, o jogador demorou para aderir ao Snapchat. Porém, a força da rede e do círculo de amigos o conquistou e hoje o Snap Tag “ene_jota” é uma das mais seguidas e acompanhadas em todo o mundo. O Snapchat aliás mostrou sua força diretamente ao craque, quando recentemente rendeu uma polêmica para o jogador quando um suposto affair, a atriz Chloë Grace Moretz, postou um Snapchat ao lado do jogador, gerando uma avalanche de comentários na internet e nas revistas de celebridades de todo o mundo.

Até o Padre Fábio de Melo é um dos aficionados pela ferramenta e a utiliza com grande desenvoltura, aproveitando sua principal essência, o imediatismo e que os posts desaparecem em apenas um dia (24 horas antes de desaparecer). Através do Snapchat, o padre não tem medo de assumir o bom-humor e até fazer declarações com teor que possa gerar polêmicas, como o fez recentemente: “Por falar em Pequeno Príncipe, que molequinho chato. As pessoas mais pegajosas que eu encontrei na minha vida, adoravam as frases do Pequeno Príncipe”, disse ele, no Snapchat, sobre a obra de Antoine de Saint-Exupéry.

padre

Foto: divulgação

Com todos estes atrativos, se tornou uma grande disputa entre as marcas demarcar território neste aplicativo de comunicação que fala diretamente com os millennials e, porque não, com as gerações um pouco mais velhas também.

O desafio, porém, é entender como promover marcas em uma rede em que os posts somem em 24 horas. “Ainda não existem certezas absolutas. O manual do sucesso garantido está por ser escrito. Estamos na fase de tentativa e erro, e a cada nova ação a experiência nos ensina mais. Mas uma coisa é clara: as empresas que já estão ativando o Snapchat estão acumulando conhecimento e sairão na frente no uso pleno da rede social”, explica Forster.

Experiências e possibilidades de ativação no Snapchat

Com um número cada vez maior de clientes interessados, a BR Media Group tem usado todo seu know-how e expertise para explorar um vasto campo de experiências e possibilidades de ativação no Snapchat.“Podemos cobrir o lançamento de um novo produto, transformando um evento que seria para poucos numa ação que chega a milhares de pessoas, e tudo isso ao vivo!”, anima-se Celso Forster.

Além disso, o executivo ressalta que é possível desenvolver pílulas sobre como usar ou melhorar o desempenho de produtos e serviços, criando na prática, um tutorial em tempo real. “Recentemente fizemos uma ação para uma grande marca de sandálias mostrando ‘ao vivo e a cores’ os bastidores da gravação da nova campanha publicitária através do Snapchat de um famoso blogueiro. Disponilizamos um vasto conteúdo com os protagonistas, maquiagem, figurinos, e rápidas entrevistas com os atores, diretor, maquiador e tudo que o público gostaria de ver, proporcionando uma experiência única, como se estivessem lá nas gravações”, diz.

Influenciadores, Snapchat e marcas: viralização

Os influenciadores, sejam eles celebridades, You Tubers, atletas, entre outros, são excelentes pontos de apoio para a comunicação de marcas no Snapchat. Ao desenvolver uma ação no aplicativo e disponibilizá-la no perfil de um influenciador com uma audiência consolidada e fiel, as marcas aumentam as possibilidades de viralização do seu conteúdo e até levam temas para além da plataforma do Snapchat.

“Fizemos uma ação no Snapchat para uma patrocinadora do festival Lollapalooza e que montou um lounge para convidados no evento realizado no Autódromo de Interlagos. O resultado foi o engajamento de uma enorme legião de seguidores da marca, do festival e da influenciadora escalada para fazer a ‘transmissão’ mostrando como estava o clima por lá, quais eram as próximas bandas que iriam se apresentar, o que a galera estava curtindo mais”, relembra o diretor.

Ações de marca relâmpago, integração e mensuração de redes sociais

Atualmente a BR Media Group tem se desdobrado para oferecer soluções criativas e exclusivas para seus clientes, que a cada dia mais procuram a agência para ações no Snapchat.

As possibilidades são inúmeras. Como os posts duram apenas 24 horas, marcas podem executar ações relâmpago de concessão de benefícios, bônus e brindes, incentivando a proximidade cotidiana da marca com seu público-alvo.

A integração de ativações no Snapchat com outras redes sociais, é outro caminho possível, por sua capacidade de ampliar o alcance e efetividade da ação. Mas respeitando a linguagem, estilo e possibilidades de cada plataforma.

Enfim, a criatividade não tem limites, mas tem números e métricas graças ao Analitycs, que mostra às marcas quantos posts foram vistos, quanto tempo, entre outros índices, o que aumenta ainda mais o interesse das empresas pelo Snapchat, já que podem monitorar bem os resultados de cada ação.

E vocês, estão usando o Snapchat? O que gostariam de ver no Snap do Startupi?