A Finep lançou durante a reunião da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), em São Paulo, o Programa de Apoio às Empresas do Setor de Telecomunicações – Funttel, no valor de R$ 600 milhões, em crédito e investimento direto, para três anos.

A ideia é apoiar a redução da dependência tecnológica em setor que é estratégico, além do desenvolvimento e adensamento da cadeia de fornecedores de equipamentos e serviços de telecomunicações.

Os recursos virão do Funttel e 40% do montante (R$ 200 milhões para 2016, R$ 200 milhões para 2017 e R$ 200 milhões para 2018), serão destinados para as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. As condições de financiamento estão definidas na política operacional da Finep: TR+ 5% ao ano, com carência de até 48 meses e prazo total de até 120 meses. A participação da Finep é de até 80% do financiamento.

Do total de R$ 600 milhões, até R$ 150 milhões poderão ser utilizados para operações de investimento direto, ou seja, para participação direta da Finep em empresas que desejem ser investidas.

Ao todo, serão quatro linhas temáticas: comunicações ópticas, comunicações digitais sem fio, redes de transporte de dados e comunicações estratégicas. De acordo com os objetivos do programa, as soluções tecnológicas previstas deverão estar relacionadas com a sua aplicação, visando à solução de problemas nacionais que podem extrapolar o setor de telecomunicações.