Na noite de ontem, no palco do TechCrunch Disrupt NY, o criador da Siri, Dag Kittlaus, realizou a primeira demonstração pública de Viv, um sistema de inteligência artificial que pretende ser “a interface inteligente para tudo”. Em uma apresentação ao vivo, Kittlaus falou um pouco sobre a próxima onda de métodos de interação com o computador e como Viv poderá “dar vida aos objetos inanimados através de conversa”. As informações são do Tech Crunch

Além de criar uma plataforma de interação entre o usuário e as utilidades do smartphone, como pesquisa online, clima e condições do trânsito, o novo sistema tem a capacidade de se conectar a mais plataformas que a Siri, aumentando assim, a “rede” de fontes de informações disponíveis quando se dá comandos ao sistema. Kittlaus também especificou que “aperfeiçoar o ecossistema de terceiros” será fundamental para a alma de sua missão. Abrindo a plataforma para programadores, o criador acredita que Viv um dia se tornaria uma “fonte primária” para os usuários.

A assistente Viv tem crescido disfarçadamente ao longo dos últimos quatro anos, quando começou a ser projetada. A empresa levantou US$ 12,5 milhões do Iconiq Capital no ano passado, uma empresa que, segundo a Forbes, é apoiada por nomes como Mark Zuckerberg, Dustin Moskovitz e Sheryl Sandberg; Jack Dorsey, do Twitter; Reid Hoffman, do LinkedIn, entre outros. 

Veja a apresentação sobre a assistente virtual aqui: