* Por Renan Arantes

Difícil quem não conheça o provérbio português, “O tempo é o senhor da razão”. Quando pensamos em avanços tecnológicos então, é surpreendente, e não é preciso ir muito longe para lembrarmos que diversas inovações foram inicialmente encaradas por muitos como supérfluas. É nesse momento que ele é implacável e mostra quanto ganharíamos se torcêssemos menos o nariz para elas. Quando falo entre amigos sobre ter uma casa conectada, costumo usar como exemplo recente a criação do smartphone: no início, muitos criticaram, pois não compreendiam naquele momento todo seu potencial, e aí o “tempo” mostrou quão equivocados estavam.

Para se ter ideia, uma pesquisa recente da consultoria GFK mostra que hoje 91% dos brasileiros entrevistados já reconhecem o conceito de casas inteligentes, e previsões de mercado sugerem que globalmente o mercado possa já ter um volume na casa de US$40 bilhões e chegar a US$58 bilhões em 2020.

Digo isso pois você pode não acreditar, mas houve o tempo em que apertar um botão para ligar uma lâmpada ou ter de usar um controle remoto para abrir a garagem fazia toda diferença.

O tempo passou, os anos 80 também e com ele as casas deixaram de ser somente automáticas e se tornaram inteligentes. Para chegarmos a esse ponto, nossa amiga Internet foi uma aliada grandiosa, que deu condições para que pudéssemos fazer muito mais do que ligar ou desligar nossas lâmpadas.

Ok, mas por que a casa conectada é sinônimo de inovação? Pense em diversos sensores, que se cruzam, trocam informações o tempo todo em um ambiente. Agora inclua nesse grupo seu globo ocular. Chegaremos ao ponto da sua casa saber quem você é, onde está e o que quer. E tudo isso sem você falar uma palavra. Não é incrível?

Mas, e hoje? Onde estamos e o que já podemos extrair dessa tecnologia? São vários os benefícios.

Temos um caminho longo pela frente, mas já é possível controlar diversos componentes da casa na palma das mãos via aplicativos. Por exemplo, pelo sistema que desenvolvemos, o usuário consegue – por não precisar fazer qualquer obra – controlar toda iluminação, home theater e sistema de ar com poucos toques no aplicativo compatível para smartphones IOS e Android.

Esse controle na palma das mãos traz conforto, praticidade e maior segurança. Não há como negar, assim como suas diversas utilidades no dia a dia. Já imaginou programar horários para sua casa estar iluminada enquanto viaja? Dar a sensação de presença para quem está olhando de fora, junto de um sistema de câmeras o que traz ainda mais segurança ao lar.

Isso é inovação para o dia a dia das pessoas e está acontecendo bem em frente aos nossos olhos. Se pudesse dar um conselho de empreendedor para empreendedor, não esperaria o tal “senhor tempo” surpreendê-los mais uma vez.


Renan KokarRenan é CEO da Kokar, responsável pelo setor financeiro, desenvolvimento de hardwares, gabinetes e CEO da empresa. Além de engenheiro elétrico pela Universidade Federal do Espírito Santo, é pós-graduando em Engenharia Elétrica com Ênfase em Sistemas Inteligentes Aplicados à Automação pelo IFES.