A criatividade tem suas raízes na infância. Quando somos crianças não temos nenhum tipo de bloqueio e nem estamos presas a paradigmas. Crianças não estão preocupadas com a opinião dos outros, não têm medo de perguntar e muito menos de errar. Elas são extremamente curiosas, adoram novidades e se divertem resolvendo problemas, ou melhor, resolvem problemas se divertindo.  Mas então por que existem tão poucos adultos criativos? É que em certa fase da vida essa criatividade foi desestimulada. “Que ideia maluca”, “Isso não é o certo”, “Você não pode fazer isso”.

Já parou para pensar que uma ideia de uma criança ou jovem que parece meio loucura, pode ser realmente uma ideia de negócio que pode mudar o mundo ou valer vários milhares de dólares? Já existem diversos casos de crianças e jovens que fizeram empresas sair do papel e alcançaram o sucesso antes mesmo de chegar aos 20 anos.

Google

Foto: Divulgação

Mas como estimular o empreendedorismo nos jovens? Existem muitas alternativas, uma delas é o curso Aprendendo a Jogar, um programa de empreendedorismo destinado a jovens de 13 a 25 anos que aprendem a desenvolver e colocar em prática uma ideia de negócio.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Com duração de 48 horas, o curso ocorre ao longo de 12 semanas abordando temas como; cliente, mercado e vendas; teste de hipótese; precificação e técnicas de apresentação. Ao final do curso, todos os participantes apresentam seus projetos a uma banca de inspiradores formada por aceleradoras, mentores e investidores.

Adolfo Melito, Sócio Diretor do Aprendendo a Jogar, afirma que o curso foi criado pois acredita que despertar o espírito empreendedor é a chave para a realização – profissional ou empresarial e ainda promove o engajamento. Segundo ele, o fator chave do sucesso de novos empreendimentos é a habilidade de construir uma organização com base em propósitos.

O curso acontece na Unibes Cultural, na Rua Oscar Freire, espaço aberto em agosto que reúne o melhor da Música, Cinema, Design, Teatro, Empreendedorismo e as mais diversas manifestações artísticas.

Veja no vídeo abaixo o depoimento de alguns jovens contando suas experiências durante o curso.

Gostou? Quer mais informações? Clique aqui.