A Hive Digital Media, uma das principais desenvolvedoras de plataformas digitais da América Latina, acaba de receber uma rodada de R$ 4 milhões entre investimento dos sócios e aporte do Criatec 2, fundo que tem como gestor nacional a Bozano Investimentos e como assessor operacional a Triaxis Capital. O dinheiro será usado para o desenvolvimento de novas plataformas e aprimoramento das já existentes, além do fortalecimento da marca nacional e internacionalmente. A empresa encerrou 2014 com faturamento de R$ 9 milhões e pretende crescer 230% nos próximos três anos.

“Além da Hive contar com dois empreendedores que são referência no mercado de marketing digital, o modelo de negócios da empresa focado em inteligência, é para onde acreditamos que o paradigma da indústria de marketing como um todo está migrando nos próximos anos”, afirma o gestor regional do Criatec 2, Rodrigo Comazzetto.

A empresa, fundada em 2007 pelos sócios Charles Betito Filho e Mitikazu Lisboa, visa se posicionar para atender o constante aumento de demanda por soluções de marketing digital que tenham como objetivo central a entrega de resultados sólidos e mensuráveis.

Segundo CEO da startup, Mitikazu Lisboa o mercado de comunicação está chegando em um ponto de amadurecimento. ” As marcas não se contentam mais em investir verbas consideráveis em planos de mídia e soluções digitais com pouco ou nenhum embasamento em dados e que não estejam sujeitas a constantes processos de melhora de performance de tecnologia”.

Hoje, a principal plataforma da Hive é o SWARM, aplicação que centraliza os dados e rastreia o comportamento dos consumidores de uma marca, permitindo entrega de conteúdo ultra segmentado, e já está sendo aplicado em projetos para diversos clientes.

Nos últimos anos, com a inevitável aproximação entre os mercados de marketing e tecnologia, a startup tem se destacado com projetos diversos para marcas de grande porte, como Cisco, Gillette, Guaraná Antarctica, Itaú e Skol.

“A Hive não é uma agência de comunicação que está migrando para o digital. É uma empresa de tecnologia que se especializou em soluções para as demandas de marketing de marcas e agências, e isso faz toda a diferença quando coisas como BI, CRM, Loyalty e performance se tornam o centro das estratégias das marcas.” completa Lisboa.

Criatec 2 

O fundo Criatec 2 tem um Capital comprometido de R$ 186 milhões com o objetivo de investir em aproximadamente 36 empresas. Sua duração prevista é de 10 anos, sendo que os quatro primeiros anos referem-se ao período de investimentos. Os setores de interesse do Criatec 2 são: Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), Agronegócios, Nanotecnologia, Biotecnologia e Novos Materiais.