Com a atual situação financeira do país, crise é a palavra com maior destaque dos últimos meses. Não é para menos, afinal, cada vez mais os aumentos inflacionários tornam-se inconvenientes corriqueiros. A pergunta que fica para muitos é: será que a instabilidade financeira afetou o empreendedorismo no ecossistema de startups? A resposta e a iniciativa para chegar a ela estão conectadas.

“A crise afeta o empreendedorismo, não há dúvidas, o que o empreendedor tem que fazer é comprovar seu valor de negócio. Os empreendedores que começam agora têm mais chances de darem certo, se houver comprovação do modelo de negócio e empenho de equipe. A crise é uma oportunidade”, enfatiza o CMO do Devorando, Bruno Tusset. Para quem não conhece, Devorando é um portal de delivery de refeições que atua fortemente no estado do Rio Grande do Sul é uma das startups aceleradas pela Ventiur, uma das principais aceleradoras do país.

Tusset conta que nos últimos seis meses sua startup cresceu cerca de 20% ao mês, somando mais de 30 mil pedidos online mensalmente e superando 25 mil clientes ativos em todo o RS. A empresa, que tem dois anos e meio de plataforma, recebeu por meio da aceleração mentorias, networking e recursos financeiros. Para participar do processo e ser acelerado, precisa começar inscrevendo sua startup no programa de CRIE Warmup.

As inscrições para o programa, realizado pela Univates e Ventiur, já estão abertas, são gratuitas e se encerram no próximo dia 12 de dezembro, disponíveis no site da Fundacity. Os três workshops que integram o programa iniciam dia 18 de janeiro e culminam no DemoDay, dia 2 de março de 2016.

Como funcionam os Workshops:

Workshop 1:
Perfil Empreendedor (18 JAN): Ferramentas de psicologia transacional e técnicas de gestão de times e levantamento de crenças
Modelagem de Negócios (19 JAN): Canvas e Canvas de hipóteses.
Mentoria Presencial (20 JAN)

Workshop 2:
Modelagem de Negócios II (1° FEV): Canvas e Canvas de hipóteses.
Jurídico e Financeiro (2 FEV): Abertura de empresa, sociedade, tributos, contratos, entre outros. Investimentos, fluxo de caixa, DRE, projeção financeira, etc.
Mentoria Presencial (3 FEV)

Workshop 3:
Pitch Vencedor (29 FEV): Como convencer alguém em 5 minutos, Design de Apresentações, técnicas de oratória.
Training (1° MAR): Aprimorar o Pitch e mentorias.
Demoday (2 MAR): Apresentação das startups para banca de investidores.