* Por Paola Tucunduva

Estive nos Estados Unidos e tive a oportunidade de assistir muitas palestras e uma delas me chamou a atenção. O tema era: “customers are everywhere… you just have to know where to look.” Traduzindo: “clientes estão em todos os lugares… você só tem de saber onde olhar e procurar” .

Em um mundo como o de hoje, onde as propagandas são muito criativas e espalhadas em mídias tão distintas, é muito difícil se destacar e mais difícil ainda saber onde estão os SEUS potenciais clientes e como se comunicar com eles. Mas basta você aparecer onde seu cliente está! Falando assim parece muito fácil, mas na prática sabemos como é difícil, principalmente para as pequenas e médias empresas (PMEs) que tem uma verba menor.

Eu acredito que usando a criatividade podemos ter excelentes resultados e esse artigo se propõe a te ajudar com dicas práticas. Uma boa pergunta para começar é “como estou chamando a atenção dos meus clientes e prospects por todo o  mercado?” Que tal refletir um pouco sobre o que você tem feito para divulgar a sua empresa? Minha sugestão é: faça uma lista de todas as suas ações de marketing, incluindo seu site, banners na internet, redes sociais, folhetos, comunicação no ponto de venda, anúncios (inclusive em jornais de bairro e guias) e assessoria de imprensa.

Você precisa colocar marketing na sua agenda diária. Se todos os dias você investir de 30 minutos a uma hora planejando e agindo para divulgar seu trabalho e sua empresa, vai se surpreender com os resultados.

Agora que você já sabe quem é seu potencial cliente (também conhecido por: prospect) defina o seu objetivo e a mensagem que quer passar e o seu posicionamento, por exemplo: você atende classe D ou A; você é uma empresa ecológica; presta um serviço diferenciado para seu cliente. (Se você precisa de ajuda para ampliar suas vendas tenho uma vídeo-aula sobre vendas neste link.)

Posicionamento não é algo que você faz com o seu produto, mas sim o que você faz na mente do seu cliente, e para fazer isto com sucesso precisa se lembrar que seus potenciais clientes não estão interessados no que você faz e sim no que o seu produto ou serviço faz por eles e quais os benefícios eles podem obter.

Outra pergunta que pode te ajudar é: Que ação específica você quer que seu cliente tome a partir da sua divulgação? Por exemplo:

  • Enviar informações;
  • Ligar para seu 0800;
  • Visitar seu site;
  • Visitar sua loja;
  • Participar de um sorteio ou concurso.

Como definir quem será seu foco? Pense em quem compra seu produto, o que eles compram, por que eles compram e onde eles compram. Quais são as características, hábitos e desejos dos seus clientes ou potenciais clientes? Onde eles estão? Se você tivesse uma fórmula  mágica para definir o seu “cliente ideal” como ele seria?

Você já pensou que seu melhor potencial cliente é o seu cliente atual? Como você pode aumentar o faturamento com cada um dos seus clientes?

Uma das ações que tem sido muito utilizada e pode ser muito eficiente para as PME’s é o Marketing de Guerrilha

(clique aqui e confira como o programa Alma do Negócio que pode te inspirar a fazer o Marketing de Guerrilha na sua empresa).

No próximo artigo vou falar sobre como utilizar a rede de contatos para fazer bons negócios, que, diga-se de passagem, é um dos comportamentos do empreendedor de sucesso.


PaolaTucunduvaPaola Tucunduva é empreendedora, graduada em Administração pela FGV; apresentadora do programa Alma do Negócio no Rádio Mundial FM 95.7; facilitadora do Empretec; professora da Fundação Dom Cabral; e presidente da ANEL (Associação Nacional das Lavanderias) de 2010/14. Finalista dos prêmios Woman Business Award 2008 (ONU/UNCTAD) e o Prêmio Mulher de Negócio 2009 (SEBRAE). Site pessoal