O STARTUPI acompanhou ontem a final da segunda edição do StartUsUp, realizado pelo grupo ABC, projeto que estimula os 2,5 mil funcionários das mais de 15 agências da holding a apresentarem ideias para novos negócios, posicionados entre as áreas de Tecnologia e Comunicação. “A iniciativa surgiu a partir do momento que identificamos essa vontade nos colaboradores. É cada vez maior o desejo dos funcionários em trilhar esse caminho. Nossa ideia é ajudar a desenvolver e até investir nos projetos mais bacanas”, explica Bob Wollheim, head of digital do Grupo ABC.

Foto: Fernanda Santos

Foto: Fernanda Santos

Para incentivar ainda mais o empreendedorismo, foram realizadas palestras sobre investimento anjo e Venture Capital, e os participantes ainda puderam conhecer a experiência de outros empreendedores mais maduros.

Estavam presentes no evento Flavio Pripas, ex FashionMe e atual Cubo e BitInvest; Alexandre Mantovani, do Grupo ABC; Anderson Thees, da Redpoint; Bob Wollheim, do Grupo ABC & youPIX; Cassio Spina, da Anjos do Brasil; Edson Mackeenzy, ex-VideoLog e atual iMasters, e Geraldo Santos, Diretor Geral do Startupi.

O STARTUPI, como principal mídia e pioneira no ecossistema de startups, não poderia deixar de estar presente e apoiar essa importante iniciativa para o mercado digital brasileiro. Além de estar entre os jurados na Banca Avaliadora, premiamos o vencedor com uma inscrição para a SILICION VALLEY DIGITAL MISSION edição 2016 e uma passagem de ida e volta para São Francisco, Califórnia.

Veja abaixo a lista dos projetos finalistas que apresentaram um pitch de 5 minutos para os jurados.

destaque_startusup

Foto: Fernanda Santos

EzeWash – Um aplicativo de lavagem de automóveis a seco delivery. (Bruno Spaulonci, da Loducca)

Milhas do Bem – Um serviço de pontos de vantagens que é adquirido de acordo com ação social que a pessoa realiza. (Luciana Russowsky, da Escala)

Parking Bike – Um aplicativo que conecte os usuários de bikes a “parkings”, estacionamentos privados de bicicletas. (Camila Almeida, da Africa)

MileVenture – Uma plataforma de financiamentos de projetos crowdfunding onde as pessoas contribuem com seus pontos dos programas de milhagem. (Leonardo de Andrade, da Africa)

ArtBoom – Plataforma de e-commerce voltada para arte e design, um misto de galeria de arte, loja virtual, bolsa de ações e conteúdo. (Januário Maia, da Newstyle)

[Un] Tourism – Um plataforma que conecta viajantes a pessoa locais e a experiências únicas, divertidas e imersivas, que transformam tanto a vida do viajante quanto dos locais. (Tais Scaroni, da Interbrand)

De todos os projetos apresentados, os jurados escolheram três que receberão todo apoio e suporte do Grupo ABC para desenvolver um plano de negócio profissional, criar a identidade visual e todos os materiais necessários para que os times possam apresentar a sua empresa para parceiros de negócios como aceleradoras, investidores ou sócios. O ranking ficou assim:

Primeiro lugar: Parking Bike
Segundo lugar:[Un] Tourism
Terceiro lugar: ArtBoom

Foto: Fernanda Santos

Foto: Fernanda Santos

E a grande escolhida para participar de uma missão internacional no Vale do Silício conhecendo diversas empresas e o ecossistema local será a [Un] Tourism.

Janu Schwab e João Gabriel Morisso, da ArtBoom, contaram para o STARTUPI que pensavam muito em desenvolver uma ideia, mas não sabiam se seria na área de educação ou arte, só sabiam que tinha que ser digital.  A chance de participar do StartUsUp chegou no momento adequado, eles contam que o deadline do programa os os forçou a tirar a ideia do papel e realmente fazer acontecer. Eles conseguiram desenvolver toda a ideia e modelo de negócio em 15 dias.

Outro ponto importante que eles destacam foi a mentoria que receberam de Bob e Alexandre Mantovani, que aprimorou muito tudo aquilo que eles estavam pensando. “Nós ainda não somos do ramo de empreendedores, então não sabíamos muito bem o que era tudo isso, eles nos ajudaram a formatar toda a nossa ideia de uma maneira com que as pessoas pudessem entender e visualizar o nosso projeto durante o pitch”, conta Janu.

Outra coisa importante foi o contato que eles tiveram com outros empreendedores, trocando ideias e indicando soluções, segundo eles, com essa colaboração todo mundo acaba crescendo junto. “Esse ambiente de empreendedorismo é contagiante, agora a gente entende porque nossos amigos são tão empolgados com essas coisas de startups, você aprende muito”.

Tais Scaroni, da [Un] Tourism, conta que ficou interessada em participar do StartUsUp logo na primeira edição, mas ainda não tinha uma ideia. No começo de 2015 ela conheceu Guilherme Franco, que também já tinha a ideia de empreender e, então, juntos desenvolveram a plataforma. Quando surgiu a segunda edição do programa, eles não exitaram em participar. Eles que já passaram pelo processo de aceleração da Startup Farm, contam que não esperavam esse resultado, ainda mais com a chance de conhecer o Vale do Silício. “Ir para o Vale do silício é uma oportunidade de ouro, é o sonho de todo empreendedor e com certeza, vamos conseguir crescer muito como empreendedores e como pessoas”, afirma Guilherme.

Para ficar por dentro de mais novidade do StartUsUp clique aqui.