Mandaê, startup de logística para e-commerce ou consumidores que busca na casa ou escritório do cliente, embala e envia vários tipos de objetos, anunciou parceria com a plataforma de crowdfunding Catarse. Com a nova estratégia, as duas empresas passam a divulgar estrategicamente suas operações.

A startup dará cupons para que as recompensas sejam enviadas a quem contribuiu com os projetos da plataforma de crowdfunding. Sempre que um projeto bater sua meta de arrecadação, os responsáveis por ele receberão um e-mail do Catarse com o cupom de desconto para enviar seus brindes.

“O propósito de existência da Mandaê é tornar o processo de envio em algo simples e agradável, e poder juntar essa prática para auxiliar empreendedores a realizar seus sonhos é muito gratificante”, afirma Jacqueline Alves, coordenadora de marketing da Mandaê. “Faremos o trabalho chato e deixaremos que os realizadores se preocupem com o que é realmente importante para eles e consigam tocar com tranquilidade a execução de seus projetos. E assim todo mundo ganha.”

Segundo o cofundador do Catarse, Diego Reeberg, um dos objetivos da plataforma de crowdfunding é facilitar a vida de quem quer tirar do papel o tão sonhado projeto. “Sabemos que a logística da entrega das recompensas – ponto importantíssimo no relacionamento direto com os apoiadores – é algo trabalhoso e que muitos não estão acostumados. Fazer com que esse processo seja mais agradável e eficaz é algo que vai contribuir para nosso principal objetivo: tornar o crowdfunding um hábito no Brasil”, ressalta.

A parceria será válida tanto para os projetos já hospedados no Catarse quanto os novos. Com a Mandaê, a expectativa é que 150 recompensas sejam enviadas por projeto. A plataforma já financiou mais de 600 projetos em São Paulo, que vão desde R$ 500 a R$ 100 mil. Atualmente o Catarse hospeda 203 projetos, sendo 37 deles em São Paulo.