O Startupi conversou com Camila Porto, uma jovem de apenas 27 anos, que vem se destacando como uma das principais referências no segmento de empreendedorismo digital. Ela é Autora do livro “Facebook Marketing”, que está na sua quarta edição, e também ministra cursos que ensinam empresários e pequenos empreendedores, de forma fácil e prática, a pensarem estrategicamente para transformar as redes sociais em uma plataforma para atrair e fidelizar clientes.

Camila Porto, formada em Comunicações Institucionais pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e Especialista em Marketing pela PUC- PR.

Camila Porto, formada em Comunicações Institucionais pela UTFPR (Universidade Tecnológica Federal do Paraná) e Especialista em Marketing pela PUC- PR.

Camila investiu na criação de três modalidades de cursos, todos em vídeo-aula e comercializados online: Facebook Essencial e FacebookAds, cada um com 20 horas de aula e Facebook 30 minutos, com 40 horas de aula. Hoje com os três cursos ela conquistou autonomia atingindo um faturamento de R$ 1 milhão no último ano. Para 2015 sua previsão é atingir R$ 1,5 milhão de faturamento.

Confira o bate-papo que tivemos com Camila e descubra os principais passos que ela deu para se tornar uma empreendedora de sucesso, sua opinião sobre cursos online no Brasil e também a importância do marketing digital para os pequenos empreendedores.

Startupi: Conte um pouco da sua história, quando e por que você começou a empreender?

Camila: Comecei minha carreira trabalhando em empresas que podem ser consideradas startups, Baixaki e o Compra3. Foram três anos trabalhando neles e foi nesse ambiente que percebi que o mercado online tinha muitas oportunidades. Minha trajetória de empreendedorismo está muito ligada ao que eu aprendi nessas empresas e a cultura das startups.

Startupi: Como você enxergou essa oportunidade de viver do Facebook?

Camila: Em 2011 fui convidada para ministrar um curso presencial em Curitiba e recebi em dois dias quase toda a minha remuneração mensal. Percebi que existia uma demanda no setor de treinamentos para jovens e adultos e uma oportunidade de fazer do Facebook um negócio. Comecei a produzir conteúdo para educar as pessoas sobre como usar a ferramenta e me dei conta de que tinham muitas coisas para serem passadas. Montei um curso on-line e em cinco ou seis meses ele estava no ar e com alunos inscritos.

Startupi: Qual foi o seu maior desafio até hoje como empreendedora?

Camila: Crescer e manter a qualidade é um dos meus maiores desafios como empreendedora. Ter mais clientes e continuar entregando um produto de qualidade é uma preocupação constante da minha empresa. Queremos ampliar nossa abrangência cada vez mais e manter sempre o mesmo cuidado com as pessoas que temos hoje.

Startupi: Conte um pouco sobre como funcionam os seus cursos online. Quantos alunos estão cadastrados e como é o envolvimento deles com a plataforma?

Camila: Hoje tenho três modalidades de cursos, o Facebook Essencial e Facebook Ads, com 20 horas de aula cada e Facebook 30 minutos, com 40 horas de aula. Todos os cursos são em vídeo e oferecem suporte para dúvidas diretamente comigo e com outros especialistas formados em nossos treinamentos. Nosso principal foco é oferecer on-line a mesma experiência de networking do off-line. Por isso, mantemos uma comunidade com mais de 1.800 membros, que compartilham dúvidas, experiências e estão sempre a postos para ajudar. Costumo dizer que quem se inscreve em nossos treinamentos nunca mais fica sozinho!

 Startupi: Quanto o marketing digital é importante para os pequenos empreendedores?

Camila: O Marketing Digital é fundamental para os pequenos empreendedores, pois é uma saída de baixo custo que oferece ao mesmo tempo uma grande abrangência e a possibilidade de se comunicar com uma audiência segmentada.

 Startupi: Pela sua experiência, qual o maior erro que eles cometem ao lidar com o marketing digital?

Camila: Não ter um objetivo claro. Aliás, esse é um erro que muitas empresas comentem não só no planejamento de marketing, mas na própria atuação. Sem um planejamento as empresas ficam perdidas quando vão para o mercado on-line e acabam reproduzindo receitas prontas. É preciso saber por que estar nos canais para conseguir trazer alguma inovação para eles.

Startupi: Como você enxerga o mercado de cursos online no Brasil e como você vê as principais mudanças dos últimos anos?

Camila: Vejo que existe uma divisão em dois grandes segmentos. O segmento de EAD, que utiliza o modelo tradicional de ensino, com um professor falando ao vivo para os alunos, mas aproveita a praticidade das transmissões on-line. O outro grande segmento é dos treinamentos em vídeo oferecidos por especialistas do setor, gente que está na linha de frente do campo de batalha e testa tudo aquilo que ensina. Independente do modelo acredito que essas ferramentas, mudaram muito nos últimos anos, existem produtos de qualidade e as tecnologias de conexão nos permitem ter uma acesso mais fácil e melhor a este material. Por isso aposto que eles vão crescer cada vez mais. Acredito que elas representam a despolarização do ensino das grandes instituições. Com este recurso as pessoas podem escolher aquilo que elas querem aprender e podem complementar o seu conhecimento.

Startupi: Quais foram os passos fundamentais que você deu para se tornar uma empreendedora de sucesso nesse mercado?

Camila: Resumiria em três grandes passos: execução, formação de parcerias e paixão. Fazer e não ter medo de errar é um passo fundamental para uma empresa crescer. Vejo muita gente patinando porque fica apenas no campo do planejamento. Fazer parcerias com pessoas que podem me ajudar e com pessoas que eu posso contribuir também foi fundamental para o meu crescimento. A rede de contatos é algo muito poderoso para o empreendedor. Além disso, acho que é preciso ter paixão por aquilo que se faz, para encarar não como um trabalho, mas como algo que nos dá prazer. Dessa forma sempre vamos encontrar uma forma de fazer melhor. Eu tenho paixão por ensinar as pessoas como elas podem usar as mídias sociais de forma estratégica para seu negócio, eu quero ver as pessoas crescendo com o conteúdo que passei. Isso é o que me move.

 Startupi: Quais são suas expectativas para os próximos anos?

Camila: Minha expectativa é atingir cada vez mais pessoas, ampliar a abrangência dos nossos treinamentos ao máximo. Espero que as pessoas consigam enxergar as redes sociais como uma ferramenta que pode ser extremamente útil para os negócios e não como algo que rouba o tempo, e que isso faça com que mais pequenos empreendedores possam crescer e melhorar os seus resultados.

Para saber mais sobre os cursos que a Camila oferece, clique aqui.