A Softex promove de 15 a 19 de junho uma missão internacional para Londres, Inglaterra, levando cinco startups integrantes do Programa Start-Up Brasil para participar da London Technology Week e conhecer investidores locais, empresas, empreendedores e possíveis clientes. Elas foram escolhidas a partir de um edital realizado no mês de maio pela Softex e que, no processo de seleção, levou em consideração o estágio mais avançado do negócio e  seu potencial de internacionalização no futuro.

Realizado pela primeira vez no ano passado, o evento celebra a posição global de Londres como um viveiro de inovação tecnológica, de oportunidades para negócios, de empreendedorismo e de talento criativo. A programação inclui desde grandes conferências internacionais até oficinas, reuniões com investidores e agenda customizada para cada startup. Em 2014, mais de 40 mil pessoas de mais de 40 países participaram dos 203 eventos realizados em diferentes locais da capital da Inglaterra durante a London Technology Week.

“Essa missão é uma iniciativa do projeto de internacionalização que estamos desenhando para startups. Em Londres, nosso objetivo é apresentá-las ao inovador mercado do Reino Unido, a novos modelos de negócios e metodologias, bem como a novas formas de acesso ao capital, como o financiamento coletivo (crowdfunding)”, explica Ney Leal, vice-presidente executivo da Softex, entidade responsável pela gestão do Start-Up Brasil.

Vitor Andrade, gestor do Programa Start-Up Brasil, acompanhará a delegação que é integrada pela Convenia, plataforma de gestão de recursos humanos da Turma 1; Maxmilhas, plataforma para intermediação da compra e venda de passagens aéreas emitidas por milhas da Turma 2; e da Turma 3, as empresas Emotion.me, central on-line para organização de casamentos; Sistema Hiper,  sistema de ponto de venda de alta produtividade para gestão de pequenas e médias lojas de varejo (POS SaaS); e Virtual Avionics, startup que projeta e desenvolve equipamentos e sistemas profissionais para simulação de voo.

Na agenda das startups, além da participação em palestras durante a semana, estão programadas reuniões com especialistas em legislação, incentivos fiscais e impostos para orientação sobre como investir e abrir um negócio no Reino Unido; apresentação de casos de sucesso, sessões sobre acesso ao capital e pitch para potenciais investidores, além de encontros de relacionamento com players locais.

A participação das startups brasileiras na London Technology Week está sendo realizada pela Softex e conta com o apoio do MCTI, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da BEATS Brasil.