*Por Exame.com

A área de finanças, apesar de extremante importante, não recebe a devida atenção da maioria dos empreendedores. Muitos preferem lidar com o comercial, atendimento ao cliente e marketing.

A realidade é que a maioria das pessoas não tem afinidade com números e preferem cuidar de outras áreas da empresa, tratando o financeiro como algo burocrático e que fica em segundo plano.

Contudo, é de extrema importância que o empreendedor tenha os seus números registrados para ajudar nas tomadas de decisão. Sendo assim, talvez a mais importante seja a mais óbvia: saiba o lucro da sua empresa.

Pode parecer óbvio e simples, mas muitos empresários não sabem qual é o real lucro do seu negócio e só procuram ajuda especializada quando a situação já está bastante crítica.

Na Viva Eventos, implantamos com a ajuda de uma consultoria especializada uma rotina de apuração e análise dos resultados financeiros da empresa. Assim que o resultado é fechado, os sócios se reúnem e discutem qual foi a contribuição de cada área na obtenção do lucro daquele mês e o que pode ser feito para melhorar os resultados nos meses seguintes.

Minha dica é: crie uma data limite para que todo mês seja apurado o lucro da empresa. Seja através de planilhas ou softwares, mas não deixe de fazer a apuração. Em seguida, tão importante quanto o fechamento, é entender o resultado.

Compare o resultado atual com os meses anteriores, veja qual grupo de contas influenciou de forma positiva ou negativa no resultado, para que com base em dados reais decida o que deve ser mantido ou corrigido. Para negócios com grande sazonalidade, o ideal é correlacionar com o mesmo mês do ano anterior.

Texto por Vitor Pedrosa, sócio-fundador e diretor de franquias da Viva Eventos.
Editado por Camila Lam do Exame.com.