A iniciativa de formar educadores nas áreas de negócios, foi anunciada durante o Meetup com Fábio Póvoa, da Unicamp, que apontou as startups como modelos para alavancar o empreendedorismo no País

O modelo de ensino de empreendedorismo colocado na prática visa melhor capacitar empreendedores para negócios de sucesso“Essa valiosa ferramenta de negócios pode ser ensinada”, comenta Fábio Póvoa, professor de empreendedorismo na Unicamp, durante Meetup Tough Talk para professores das áreas de negócios e empreendedorismo, realizado na sede da Clinton Education, em São Paulo, na semana passada.

Cofundador da Movile, com MBA pela Universidade da Califórnia Berkeley-Haas, Póvoa comenta também que hoje podemos ter no Brasil um ensino de negócios no modelo norte-americano, com metodologia certificada, sem que a pessoa tenha que cursar uma universidade ou mesmo ingressar em uma aceleradora”, explica.

Neste sentido, Póvoa referencia o trabalho desenvolvido pela Clinton Education, pioneira em cursos online ao vivo nas áreas de negócios para empreendedores, empresários, executivos e jovens profissionais. A partir do seu Center for Teaching and Learning, a Clinton Education também desenvolve professores e futuros professores de universidades, educação continuada, coaching, mentoring e consultorias, além de promover eventos como o Meetup Tough Talk. “O nosso grande desafio, além de capacitar educadores que já atuam no mercado, é recrutar os melhores profissionais das áreas de negócios e empreendedorismo para atuarem como professores da Clinton”, conta Thiago de Carvalho, Mestre em Educação e Ensino de Negócios pela New York University e fundador da Clinton Education.

foto Meetup  Clinton 01

Fábio Póvoa, professor de empreendedorismo na Unicamp; Thiago de Carvalho,  fundador da Clinton Education; Renata Chilvarquer, diretora de Educação Empreendedora da  Endeavor Brasil e Sergio Risola, diretor executivo do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec).

Referência no mercado empreendedor no País, Sergio Risola, diretor executivo do Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), entidade gestora da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo, instalada no campus IPEN/USP, participou do evento e felicitou a iniciativa, que visa à formação de professores para o empreendedorismo.  “Quem milita na área no Brasil precisa de conteúdo e preparação de alto nível para se desenvolver”, afirma. “Além do mais, com esta iniciativa será possível criar uma rede de negócios realmente conectada e formada por especialistas no segmento”, acrescenta Renata Chilvarquer, diretora de Educação Empreendedora da Endeavor Brasil, entidade que identifica e viabiliza a continuidade sustentada dos negócios de empreendedores de alto potencial de crescimento, e que também esteve presente no evento.

Quer saber mais? acesse o site