Andy Rubin, criador do Android, o maior sistema operacional móvel do mundo, acaba de se tornar sócio da Redpoint Ventures. O fundo investe em empresas inovadoras de tecnologia, é baseado no Vale do Silício, nos Estados Unidos, e é sócio da firma brasileira de capital empreendedor Redpoint e.ventures.

Formado em Ciência da Computação, Rubin iniciou sua carreira como Engenheiro de Desenvolvimento. Atuou na Google, Apple e na Microsoft e conheceu Jeff Brody, sócio fundador da Redpoint, há mais de 20 anos quando participou da startup WebTV. “A WebTV foi uma das primeiras empresas que apoiei como investidor. Ela tinha um dos mais impressionantes grupos de fundadores técnicos com quem eu já tinha trabalhado, e Andy foi um dos primeiros engenheiros que eles contrataram. Percebi rapidamente que ele era excepcional”, afirma Brody em texto publicado no site da Redpoint. “Ele tinha uma combinação incomum de habilidades técnicas e visão. Andy desenvolveu a primeira plataforma que conectou a internet a televisão das pessoas. A WebTV cresceu rápido e foi vendida para a Microsoft por US$ 500 milhões.”

Quando Andy deixou a Microsoft, fundou a Danger, que recebeu investimento da Redpoint. A empresa inventou e implementou muitos dos serviços básicos de smartphone que conhecemos hoje. Quando a Danger ganhou escala, Rubin saiu e passou a integrar a Redpoint como um “Empreendedor em Residência”. E foi lá, nos escritórios do fundo, que ele concebeu o Android. Rubin entrou para o Google quando o gigante adquiriu sua companhia em 2005. Lá, ficou por nove anos, até anunciar, no fim de 2014, que estava deixando a empresa para se focar na incubação de startups de hardware.

O novo sócio já está avaliando e apoiando companhias com a Redpoint. “Andy é um complemento perfeito para nosso time na Redpoint, ajudando fundadores de companhias de mobile, marketplace, SaaS e infraestrutura a atingirem suas ambições. Não existe um fundador lá fora que não se beneficiaria das ideias, experiência e conexões na indústria que ele tem”, completa Jeff Brody.

Sobre a Redpoint Ventures
Fundada em 1999, a Redpoint Ventures é uma firma de investimento de Venture Capital líder no segmento de tecnologia, com mais de US$ 3 bilhões sob sua gestão.  O foco da Redpoint é investir globalmente em empreendimentos de tecnologia nos setores de internet, digital media e mobile para acelerar seu crescimento e ajudar a construir companhias definidoras. Possui investimentos em 181 companhias. Já realizou 13 IPOs e 49 saídas através de aquisições.

Sobre a Redpoint e.ventures
A Redpoint e.ventures é uma firma de Capital Empreendedor, sediada em São Paulo, cujo objetivo é apoiar empreendedores no mercado brasileiro, ajudando na criação de empresas de rápido crescimento. Uma joint venture entre os fundos Redpoint Ventures e e.ventures, a Redpoint e.ventures traz capital, acesso ao Vale do Silício e as melhores práticas globais para startups de alto potencial. Além de apoiar as startups do portfolio, a equipe do fundo ajuda a desenvolver o crescente ecossistema empreendedor no Brasil. Para mais informações, visite www.rpev.com.br.