A Fundacity realizou uma pesquisa na américa latina com mais de 50 aceleradoras de startups para comparar os diferentes ecossistemas, investigar em quais mercados elas pretendem investir em 2015 e identificar os players mais ativos. Alguns dados chamam bastante a atenção:

  • US$ 35.381.941 foi o total investido na américa latina;
  • Chile é o país que mais teve startups aceleradas, Brasil vem em segundo;
  • Wayra e Seed estão entre os principais investidores;
  • Internet das Coisas (IoT) é o campeão com 73% de intenção de investimento.

Confira o relatório completo no link www.fundacity.com/latam-accelerator-report-2014