Artigo por Henrique Dubugras*

As funcionalidades de um meio de pagamento virtual devem seguir critérios rigorosos para conquistar a atenção de lojistas, prestadores de serviços e, principalmente, dos consumidores. O aumento na taxa de conversão de vendas, por exemplo, é um dos fatores primordiais que fazem com que o lojista escolha entre as diferentes plataformas de pagamento disponíveis no mercado.

Mas como reconhecer o sistema com mais benefícios? Confira 5 vantagens que precisam ser observadas em um gateway de pagamentos:

  • API (Interface de Programação de Aplicativos):de fácil integração nos sites, é considerada uma das mais simples do mercado, com acesso a dados e controle de vendas feitas pela plataforma de forma rápida e prática.
  • Gestão completa:assinaturas, cobranças recorrentes com valor fixo ou variável, via cartão de crédito ou boleto podem ser facilmente visualizadas por meio dos recursos da plataforma.
  • Painel de controle:assim como as ferramentas de gestão, o controle também é completo, com relatórios e gráficos que permitem entender vendas e o comportamento dos clientes. Desta forma é possível monitorar taxas de conversão e saber exatamente porque o pagamento de alguns clientes é recusado (o motivo pode ser suspeita de fraude, por exemplo)
  • Relacionamento:uma solução completa fica responsável por realizar todos os contatos burocráticos para facilitar a vida de seus clientes. Com as operadoras de cartão de crédito, por exemplo, a solução cuida desde o momento do credenciamento da empresa até toda a comunicação subsequente.
  • Retentativas inteligentes:trata-se de um processo que fica tentando realizar a transação em mais de uma operadora de cartão, ou seja, quando uma está fora do ar, outra é acionada automaticamente para que a compra seja realizada, sem a conhecida e irritante mensagem “sistema fora do ar”.

*Artigo por Henrique Dubugras, fundador Pagar.me

Imagem: Woman is shopping online with smartphone via Shutterstock