Esta não é a primeira nem a segunda vez que contamos algo sobre o site de descontos e cashback (dinheiro de volta) Méliuz para vocês, mas temos outro bom motivo para isso. Seguindo a linha de grandes empresas da Internet (e até de outras áreas de atuação) que vem apostando em projetos inovadores, o Méliuz lançou uma campanha para estimular a criatividade nos negócios e retribuir ao mercado a ajuda que obteve para se estabelecer. De que forma? Vai dar ajuda e dinheiro para o melhor projeto que se inscrever no desafio.

Chamada de Desafio Méliuz, a ação foi lançada há alguns dias e está recebendo inscrições pelo site até o dia 30 de novembro.  “Somos bastante envolvidos aqui na San Pedro Valley, uma comunidade super bacana. Vemos muitos novos projetos surgindo e  temos vontade de ajudar. É uma forma de mostrar que o Méliuz está preocupado em ajudar todas essas oportunidades que estão surgindo no Brasil. O que a gente quer é ajudar e impactar”, conta Israel Salmen, co-fundador da empresa, referindo-se à região de Belo Horizonte onde diversas startups colaboram.

Fundado em setembro de 2011, o Méliuz inciou a plataforma com apenas 19 lojas parceiras e hoje soma mais de 1.200, como Submarino, Saraiva, Casas Bahia, Walmart, Ricardo Eletro e Magazine Luiza. Em 2013, a empresa gerou mais de R$ 5 milhões em economia aos cerca de 100 mil usuários da plataforma, ultrapassando a meta prevista de R$ 3 milhões.

Foto de abertura: da esquerda para direita, Ofli Guimarães e Israel Salmen, sócios-fundadores do Méliuz.

Opinião de empreendedor

Comentários de Israel Salmen:

Sobre o desafio: “O importante é selecionarmos um empreendedor diferenciado, apaixonado por empreendedorismo e com o negócio dele, uma visão parecida com a dos melhores empreendedores de hoje em dia. E uma startup que seja realmente inovadora e escalável. Pode ser na fase de ideia. Nem requer faturamento. Não estamos preocupados se vai fazer dinheiro hoje ou amanhã, mas que preveja um modelo. Queremos estimular até mesmo quem nunca pensou em ter uma startup. Que dêem a cara a tapa. Queremos sim ter nossa marca fortalecida com isso”

Além dos R$ 50 mil, o vencedor vai ganhar 5 meses de mentoria. Hoje somos 22 pessoas trabalhando na Méliuz com tecnologia, atendimento ao consumidor, comercial/vendas, marketing e queremos ajudar a desenvolver o projeto vencedor. Pode até ser à distância; desde que tenha ao menos um sócio brasileiro, pode participar”.

Sobre a trajetória empreendedora do site Méliuz: “Nascemos com o empreendedorismo no sangue. Não acho que isso nos torna melhores do que ninguém, mas estamos sempre em busca de projetos e soluções inovadoras, úteis, que possam ajudar alguém. Meu sócio tem 29 anos e já teve 10 empresas, eu tenho 26 e estou na minha sexta. Dinheiro não é desculpa para não começar, mas sabemos que cada recurso que vem para ajudar é muito importante.

Tivemos momentos difíceis no Méliuz, especialmente nos dois primeiros anos (já completamos 3 anos) sabemos como é passar por isso. Participamos do Start-up Chile, com dinheiro do governo deles, e amadurecemos nem sei quantas vezes. Não é só o programa que é ótimo, mas a gente foi pra lá para passar por uma transformação, correr, fazer acontecer, focado. Passar por isso foi essencial para nossa sobrevivência. A gente já faturava mas estava difícil, depois tudo mudou e nossa empresa cresceu mais de 100 vezes”.