Então é Natal, e o que você fez? Calma, este post é atual sim, 10 de outubro de 2014. Pode parecer meio cedo, pois ainda temos dois meses e meio para ser feliz, correr atrás, fazer acontecer e ser valorizado. Vai que dá, né? Falando em dar: quantas vezes já palestrei citando “sharing is caring” e “you are what you share”? Aportugueseando, fica “compartilhar é se importar” (ou cuidar) e “você é o que você compartilha”.

Mas o que um empreendedor, sócio de diversos investidores, articulador de um movimento tecnológico (portanto, um vetor concentrador de poder econômico, portanto intensivamente capitalista) sabe sobre dar?  Olha, eu já trabalho há 20 anos, não fiquei financeiramente rico (não me orgulho disso), mas tenho saúde, amor e opções na minha vida. Já corri atrás, plantei, fiz, “peguei” muita coisa da vida, mas também já ganhei muita coisa. Não estou falando de dinheiro, bens, presentes (como os que vocês vão ver no vídeo, abaixo). Ganhei muita ajuda, muita amizade, muito ombro amigo, muita inspiração, muita abertura, muitas oportunidades. Também já dei muito disso. A própria existência do Startupi passou a dar vez e voz para os criativos, inovadores, empreendedores, tecnologistas brasileiros.

gerar_valor

Não estou me vangloriando, estou sendo humilde: se cheguei e chegamos até aqui, certamente foi por termos trabalhado para fazer efeito e causar impacto. Somar de verdade. Já ouvi e li isso de diversos empreendedores e investidores – e geralmente apenas depois de dar mais uma “colaborada” bacana. Pode não parecer que a gente está o tempo inteiro tentando salvar o mundo e o negócio de todos – e realmente o objetivo não está escrito desta forma, não queremos ser heróis – mas prezamos o preceito de “gerar bom karma”, plantar para colher, dar para receber. Gerar valor para os clientes, o mercado, a sociedade, mais do que capturamos de valor para nós.

Pode parecer papo furado, mas funciona pra caramba e ouço isso de todos empreendedores e investidores que admiro. Quem não entrega valor, não captura valor. Não fique esperando o Papai Noel – seja o Papai Noel! Não espere um benfeitor – seja um benfeitor! 

Hoje fiquei tocado com um entre vários presentes que chegaram aqui no escritório e resolvi gravar um vídeo para compartilhar com vocês sobre o que essas várias pessoas e empresas compartilharam conosco. Muito obrigado!

Links do que foi apresentado no vídeo:

ou_soma_ou_some

Imagem de abertura: 222378430, via Shutterstock