Eduardo Ribeiro fez informática biomédica na faculdade e Haissan Molaib é formado engenharia, mas sempre trabalhou no mercado financeiro. O que os dois têm em comum? Uma startup, claro. A ProRadis é uma das selecionadas do Start-Up Brasil e é acelerada pela Wayra. Em evento dessa sexta na Wayra, a empresa fez seu pitch para investidores e o Startupi estava lá para conhecê-los melhor.

A ProRadis é B2B e entrega um software de gestão para laboratórios de diagnóstico. “É um produto para fazer a gestão daqueles laboratórios de diagnóstico. Ele pega a imagem do ultrassom, a imagem da ressonância, processa e faz toda a gestão do diagnóstico integrado com a máquina”, explica Eduardo. O empreendedor diz que eles não só diminuem a burocracia como também otimizam processos.

Ela não é única no seu nicho, mas o CEO Haissan Molaib promete entregar o produto mais barato do mercado. “Nosso produto é melhor e mais barato que a concorrência. Para ser melhor a gente precisa investir em inovação continuada e para ser mais barato a gente precisa de um custo de aquisição de cliente muito baixo, então investimos em marketing digital e em feiras e eventualmente nem vamos até o cliente para fechar o contrato e fechamos remotamente, como com o Acre, por exemplo”, afirma Molaib.

A empresa surgiu oficialmente em dezembro de 2012 e hoje tem 15 funcionários. A clientela também é extensa, eles tem cerca de 50 clientes espalhados pelo Brasil e pretendem chegar a 80 até o final de 2014. A monetização da startup vem por uma mensalidade que cobram da clínica, mas a ProRadis também oferece um serviço “on demand” para redes maiores. O valor depende do tamanho da clínica, já que a empresa também oferece todo o suporte do software.

O feedback até agora também tem sido ótimo, Molaib diz que uma clínica deu dados que o uso do ProRadis aumentou em 50% a produtividade e 70% o lucro da clínica. “Claro que não podemos determinar o aumento do lucro a apenas uma razão, mas certamente o sistema tem um impacto. Dizemos sempre ‘o que você não consegue medir, não consegue gerir’ e a gente não vai gerir o negócio de ninguém, mas damos uma ferramenta fantástica para eles gerirem o negócio deles”, afirma.

Além dos concorrentes de software, a ProRadis também tem como concorrente as empresas grandes que fornecem os equipamentos de diagnóstico e eventualmente sistemas, mas eles afirmam que o diferencial deles sempre será o preço.