O Google Capital, fundo de investimento da gigante de buscas, liderou um investimento de US$ 100 milhões na startup Thumbtack. A empresa americana é especializada em contratação de profissionais de todo tipo como fotógrafo, decorador, mudanças.

O investimento também teve a participação do Tiger Global Management, Sequoia Capital e Javelin Venture Partners. Além disso, o aporte é um pouco não usual, já que empresas como o Google não costumam investir em marketplaces.

Então o que há de novo nesse marketplace específico? O curioso é que o Brasil já tem serviços parecidos com o do Thumbtack, para citar dois: a Parafuzo (ironia: thumbtack é taxinha em inglês), que ainda tem um rol pequeno de serviços, mas pretende expandir e a GetNinjas, que se parece mais com a america e oferece de tradutores a ‘passeadores’ de cachorro.

A Thumbtack foi fundada em 2009 e foi pioneira em oferecer contratação de serviços online, mas também tem concorrentes de lá, como o Yelp e o HomeAdvisor. A parte mais interessante do serviço da Thumbtack é a de curadoria dos trabalhadores que oferecem serviços pela empresa, que é minunciosa, mas também a ideia de que os profissionais pagam a Thumbpack para serem levados aos melhores clientes.

O fundo do Google existe desde o ano passado e á investiu em cerca de seis startups. As empresas beneficiadas foram desde startups de big data como a Mapr até novas empresas de ajuda na administração financeira como a Credit Karma, passando pela SurveyMonkey.

A maneira como a Thumbtack conseguiu o investimento também é interessante. A empresa procurou ajuda ao Google porque estavam tendo um problema com uma análise estatística. Eles não sabiam resolver, nem quem contratar para resolver. As conversas com um profissional do Google levaram as conversas sobre investimentos.