Uma competição para fomentar a cultura de startups entre os universitários, em busca de soluções inovadoras para o mercado. Unindo teoria e prática, a Ideation Brasil chega a Porto Alegre no próximo dia 25 de agosto dando início ao evento “Sua Ideia na Prática”, reunindo alunos de quatro grandes universidades locais: UFRGS, PUC RS, ESPM RS e Unisinos.

A disputa, que é online, será dividida em cinco etapas, que vão desde a definição do problema, passando pela estruturação do modelo de negócios, finalizando com apresentação para jurados e investidores no dia 18 de outubro. As inscrições podem ser feitas até dia 24 pelo site.

A iniciativa, dos estudantes de engenharia civil, Alexandre Muller, e de engenharia de produção, Danilo Roselli, utilizará metodologias de competições de universidades californianas, como a University of Southern California – detentora do segundo melhor programa de empreendedorismo dos Estados Unidos, de acordo com o ranking U.S. News & World Report’s 2014 –, um dos principais ecossistema de startups do mundo de onde saíram empresas como MySpace, Salesforce e, mais recentemente, o aplicativo Tinder. Muller e Roselli propõem como ponto de partida a definição de um problema para, então, desenhar o modelo de negócios, dando maior impacto às soluções criadas.

As ideias mais inovadoras serão premiadas com sessões de mentoria com empreendedores nacionais e internacionais, além de recursos como:

  • Assessoria jurídica realizada pela Garrido & Tozzi Advogados;
  • Assessoria contábil realizada pelo Syhus Contabilidade;
  • Assessoria de desenvolvimento web pela Jera;
  • Desenvolvimento de logo pela We do Logos;
  • Acesso ilimitado por dez meses à plataforma Alura com diversos cursos de programação online;
  • Oportunidade de apresentar a ideia para aceleradoras Wayra e 21212.

“Nosso foco é levar educação empreendedora aos jovens universitários, que estão dando seus primeiros passos no empreendedorismo ou ainda não tiveram contato com esse nicho do mercado. Assim, oferecemos a eles a oportunidade de vivenciar a academia e o mercado de trabalho paralelamente”, explica Danilo Roselli.