Bati um papo com o empreendedor Lonny Szneiberg, russo radicado há muitos anos em Israel. Ele já trabalha em startups na Internet há 16 anos. Em 2007, fundou o site para investidores do mercado financeiro conhecido originalmente como ForexPros, que depois foi rebatizado para Investing.com – após a compra do domínio por 2,45 milhões de dólares. Esta empresa, sediada na Espanha, já conta com mais de 120 funcionários em escritórios que ficam em três países e teve lucros em um ano de operação, contando com capital semente de 300 mil dólares. Ele diz que a empresa vai muito bem, mas a notícia é sobre uma startup diferente.

Ele está preparando o lançamento do site Oba.com.br para setembro. O negócio vai ser um mercado bilateral (marketplace) de veículos, imóveis e bens de segunda mão. “Eu sei que a competição é pesada, tanto online como tradicional, mas é aí que está a parte divertida. Acreditamos que ainda dá para fazer melhor, não simplesmente com alguma funcionalidade, mas com tudo num único lugar”, defende. “Comprar e vender online é uma das ações mais populares dos consumidores atualmente. É realmente surpreendente o fato de, no Brasil, o consumidor ainda precisar passar por um processo longo, complicado e cansativo para encontrar um carro ou uma casa online, pois precisa usar vários websites”, acrescenta.

Szneiberg não está sozinho nessa. Vai se mudar para cá em meados de setembro, trazer a esposa junto e começar a contratar, mas já conta com três sócios-investidores. Dror Efrat (co-fundador do Investing.com), Marc Green (atuante na área de Miami) e Yoram Yaeli (todos conhecidos do empreendedor) investiram 850 mil dólares na empresa.

O destaque no título da matéria vai para o investidor anjo da Oba chamado Yoram Yaeli, que fundou The INN Group of Companies, detentor de empresas que provêem Internet via satélite, industrializam infra-estrutura de TI e integram de sistemas de segurança. Ele reside em Manaus, de onde atua como CEO. Previamente, foi capitão das Forças Especiais de Inteligência, em Israel. Em um site explicativo sobre um dos projetos realizados por empresas do grupo mostra o lema “se podemos fazer no meio do Amazonas, podemos fazer em qualquer lugar. Yaeli é descrito com “experiência em gerenciamento, integração e operações de tecnologias avançadas sob situações extremas e de perigo”. 

Com o investimento inicial, a Oba também quer focar na experiência de busca, na melhoria drástica da comunicação entre compradores e vendedores e talvez aplicativos móveis para smartphones.