A Apple anunciou ontem no site da empresa uma parceria com a IBM para oferecer iPhones e iPads voltados para clientes corporativos com vários aplicativos de negócios que usarão tecnologia IBM em big data e analytics para os dispositivos Apple.

A parceria visa redefinir o jeito de trabalhar, diz o anúncio, e apresenta soluções para empresas em mais de 100 indústrias específicas, as quais foram pensadas com apps nativos desenvolvidos especialmente para a parceria. O projeto também terá serviços de nuvem exclusivos da IBM inclusos no iOS, como integração móvel e segurança.

A IBM tem a faixa mais consolidada de analytics do mercado. E a Apple tem força no hardware. A parceria é no mínimo promissora.

O CEO da Apple, Tim Cook, comentou a parceria. “O iPhone e o iPad são os melhores dispositivos móveis e transformaram o jeito que as pessoas trabalham”, afirmou. “Pela primeira vez estamos colocando a renomada análise de big data da IBM ao alcance dos dedos, o que abre uma grande oportunidade de mercado para a Apple. É um passo radical no empreendedorismo e algo que somente a Apple e a IBM poderiam entregar”, concluiu.

Ginni Rometty, presidente e CEO da IBM também falou sobre a parceria. “A mobilidade –combinada com dados e nuvem– está transformando negócios e nossa indústria de jeitos históricos, permitindo pessoas a re-imaginarem o trabalho, as indústrias e as profissões. Essa aliança com a Apple constrói esse ímpeto trazendo essas inovações para nossos clientes globalmente e alavanca a liderança da IBM em analytics, nuvem, software e serviços.”