Qual a diferença entre o homem de negócios, o engenheiro e o designer? O homem de negócios diz: vamos construir uma ponte, será bom para a economia; o engenheiro diz: ótimo, vamos construi-la com alta performance e durabilidade para que seja forte e segura; o designer diz: sim, e vamos construir ao lado do mar para que, por toda a eternidade, pessoas amem dirigir.

A historinha é contada no vídeo acima, que apresenta a 30 weeks, uma escola de design/experimento/incubadora fundada pelo Google, e escolas como The Cooper Union, Hyper Island, School of Visual Arts, Parsons and Pratt.

A ideia, basicamente, é quebrar o paradigma de que startups só podem ser criadas por homens de negócios e engenheiros. Ter um designer trabalhando como fundador da empresa – desde o dia 1 – pode dar uma orientação completamente diferente, que ajude a empresa fazer tudo melhor, como na historinha acima.

Por isso, o curso de 210 dias, irá treinar e orientar designers não só para serem bons artistas, mas principalmente para serem bons líderes, bons CEOs.

Desde o primeiro dia do curso eles estudarão e trabalharão em seus produtos. O foco será muito mais a prática do que a teoria para que, assim, seja possível eles saírem com grandes negócios.

O modelo, no entanto, não é exatamente o de uma incubadora. Eles não ficam com nenhum equity da empresa, mas o estudante deve pagar US$ 10 mil pelo curso que acontecerá em Nova York.

Para saber mais sobre a ideia, basta clicar aqui.