Ontem, centenas de formandos da Universidade de Stanford se reuniram para ver o discurso de formatura feito por Melinda e Bill Gates. Para quem não sabe, além de ser o fundador da Microsoft, Bill Gates tem uma fundação com a esposa Melinda em que ajudam pessoas do mundo inteiro e trabalham para combater a fome, a miséria e a morte por doenças que já têm tratamento ou cura nos países desenvolvidos.

O casal abordou o tema no discurso e explicou um pouco como começou a vontade de ajudar pessoas de países distantes. Bill Gates falou da importância de tornar a tecnologia e a inovação acessíveis para deixar as pessoas cada vez mais independentes. “Se as crianças ricas têm computador e as pobres não, então a tecnologia torna a desigualdade ainda pior. Tecnologia deve beneficiar a todos”, afirmou.

Bill Gates também falou da importância de voltar os olhos para os pobres e doentes. “Minha visita a Soweto [África do Sul] se tornou uma lição do quão ingênuo eu era. Eu já tinha visto estatísticas sobre pobreza, mas eu nunca tinha visto a pobreza”, disse. No país, o então CEO da Microsoft presenciou pessoas morando em barracas sem eletricidade, água corrente e sem banheiros.

“Até em situações extremamente difíceis, o otimismo pode abastecer a inovação e guiar para novas maneiras de eliminar o sofrimento. Mas se você nunca ver as pessoas que estão sofrendo, seu otimismo não pode ajudá-las. Você nunca mudará o mundo”, disse.

A fundação Bill e Melinda Gates financia hoje 30 projetos de pesquisas sendo tocados dentro da Universidade de Stanford. Os projetos vão desde o desenvolvimento de curas para doenças malignas até na ajuda de levar crianças pobres a faculdade.

O interessante é que o casal fala de várias formas de tornar o mundo um lugar melhor para todos, uma necessidade latente e facilmente esquecida. Vejam o discurso. Não é voltado apenas para formandos, mas para todos que estão conectados no mundo, estejam tentando inovar, automatizar… por que não levar essas coisas para ajudar as pessoas também?

Veja abaixo o discurso completo do casal, que também mostra que ser chamado de nerd hoje em dia, nada mais é que um grande elogio: